uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Segurança social paga funeral do homem morto por toiro

Edição de 10.05.2006 | Cultura e Lazer
A Segurança Social vai pagar o funeral do homem que foi colhido mortalmente na largada de toiros de 30 de Abril em Samora Correia. O funeral de Fernando Marqueiro realizou-se no dia 3 de Maio depois da junta de freguesia e a família terem reunido condições para a realização do cortejo fúnebre. A autarquia isentou a família de todos os pagamentos e requereu a intervenção da segurança social. A Agência Funerária Romeu realizou o funeral com o compromisso da família e da junta de freguesia virem a pagar logo que a segurança social avance com a verba.Fernando Marqueiro, 46 anos, viúvo e desempregado deixou três filhos, mas nenhum estava ao seu cuidado. Uma filha deficiente está internada numa instituição da segurança social. Um rapaz de 18 anos tem paradeiro desconhecido depois de ter deixado a família para ir trabalhar numa pista de automóveis e uma outra rapariga de 17 anos está a ser apoiada por uma tia e ambiciona ser cabeleireira. Fernando Marqueiro foi morto por um toiro quando participava na maior largada de toiros do mundo que durou quase 26 horas nos dias 30 de Abril e 1 de Maio e colocou Samora Correia no livro dos recordes. Para além desta vítima registaram-se mais sete feridos, um deles com gravidade.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...