uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Ao volante do novo Peugeot 207

Ao volante do novo Peugeot 207

Pedro Lamy S.A. no Salão Internacional do Automóvel de Portugal

O concessionário Pedro Lamy S.A. já tem disponível a gama Peugeot 207 em Vila Franca de Xira. Um automóvel cativante com um visual robusto e agressivo.

Edição de 10.05.2006 | Economia
O novo Peugeot 207 não passa despercebido. De vez em quando ao ultrapassarmos um outro carro há quem aponte na nossa direcção. O visual é cativante, robusto e agressivo. A viagem teste que O MIRANTE fez de Vila Franca de Xira até ao Salão Internacional do Automóvel de Portugal, na FIL, Lisboa, a convite do concessionário Pedro Lamy, SA, foi curta mas intensa.Ao volante do Peugeot 207 1.400 cc de 90 cavalos a sensação é de suavidade e conforto. Um conforto que começa nos bancos, se prolonga pelo visual apelativo do tablier e em mil e um pormenores e acessórios do interior. O motor mal se ouve.Já no Parque das Nações assistimos à chegada de outros convidados ao volante de viaturas Peugeot 207. No interior do salão Internacional do Automóvel de Portugal, onde estiveram representadas 36 marcas, a Peugeot marca a diferença por ser o maior expositor do evento. Metade do espaço é ocupado pela estrela da companhia, o Peugeot 207. A top model Diana Pereira apadrinha o novo modelo sob o flash constante das máquinas fotográficas. O regresso a Vila Franca noutro 207, o 1.400 HDI, de 70 cavalos de potência, não decepciona. E até achámos o carro mais solto que o seu “irmão” a gasolina. Mesmo sabendo o sucesso que o Peugeot 206 continua a fazer ao longo de mais de oito anos na estrada, o gerente da Pedro Lamy S.A. confia na capacidade de venda da nova “bomba”. António Martinho salienta sobretudo a “estética bonita, atraente, o look desportivo e robusto do carro”, assim como o equipamento “extenso e as muitas motorizações a gasolina e diesel”. Os preços do Peugeot 207 variam entre os 15.150 euros da versão de três portas Urban 1.4 16v e os 26.300 euros do GT 1.6 HDI 110 topo da gama. Na Pedro Lamy SA., confessa António Martinho, nove clientes já são proprietários da mais recente aposta da Peugeot. “Como costumo dizer, face a outras marcas temos um carro com motor de 1.400 centímetros cúbicos por apenas mais 600 euros que um de 1.200 centímetros cúbicos da concorrência”, exemplifica.
Ao volante do novo Peugeot 207

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...