uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Oposição condicionada

Bloco de Esquerda critica falta de respostas da Câmara de Vila Franca
Edição de 10.05.2006 | Política
O Bloco de Esquerda acusa o executivo camarário de Vila Franca de Xira de travar “a função fiscalizadora da Assembleia Municipal”. Em comunicado, Carlos Patrão critica o que considera ser as “não respostas do executivo camarário” às questões colocadas pela bancada na última sessão da Assembleia Municipal, de 27 de Abril. No documento o Bloco de Esquerda apresenta as questões que foram colocadas pela bancada ao executivo e que não foram respondidas “satisfatoriamente”. Entre elas estão as relativas às fiscalizações prometidas pelo vereador do urbanismo ao prédio de Alverca às quais a autarquia não respondeu alegando que o caso está em tribunal. O Bloco contesta a resposta defendendo que “ao menos podiam informar se as fiscalizações foram efectivamente feitas”.Outra das questões apresentadas no comunicado refere-se à indemnização a pagar à Obriverca no caso da construção da Nova Vila Franca não ser aprovada. Sobre a resposta dada pelo executivo lê-se no documento “a Sr.ª presidente teve um lapso de memória e não se recorda do valor a pagar”. No caso do terreno cedido ao Futebol Clube de Alverca para a construção de uma bomba de gasolina, Carlos Patrão refere que “ninguém do executivo conseguiu informar a assembleia municipal (invocando os contratos programas assinados com o Alverca ou qualquer outro acordo) de quais são as garantias dadas pelo clube à Câmara de Vila Franca, de que os dividendos do posto de combustíveis serão aplicados exclusivamente nas modalidades amadoras”.No comunicado o BE deixa, ainda, a garantia que “não vai deixar de fazer estas perguntas, enquanto as mesmas não forem respondidas e os assuntos em questão cabalmente esclarecidos”.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...