uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Estacionamento selvagem junto ao cruzamento das Virtudes

Estacionamento selvagem junto ao cruzamento das Virtudes

Câmara de Azambuja vai ceder terreno para parque de viaturas

Os camiões de mercadorias continuam a parar na berma da Estrada Nacional 3, junto à Politejo. A Câmara de Azambuja vai ceder um terreno para acabar com o estacionamento selvagem.

Edição de 10.05.2006 | Sociedade
Os camiões pesados de mercadorias que abastecem a fábrica da Politejo continuam a estacionar à beira da Estrada Nacional 3 (EN3), junto ao cruzamento de Virtudes-Casais da Lagoa, Azambuja, tirando a visibilidade a quem quer sair da localidade em segurança.Há três meses as Estradas de Portugal colocaram raias amarelas no piso para evitar o estacionamento selvagem à beira da EN3, mas apesar disso os camionistas continuam a parar as viaturas na berma da estrada.“Não temos alternativa para parar noutro local. Estou aqui há três horas e ainda não tive ordem para descarregar”, queixa-se um dos camionistas, 61 anos, que há mais de 10 traz mercadoria à fábrica da Politejo.As raias amarelas, que proíbem o estacionamento dos veículos nas imediações da fábrica, obrigam os camionistas a deixar os veículos longe da fábrica de tubos de PVC, mas são poucos os que respeitam o sinal marcado no piso.A GNR já autuou alguns camionistas por estacionar no local. Apesar de não criar alternativas a empresa afixou uma circular na secretaria avisando que não se responsabiliza pelas multas.O vice-presidente da Câmara de Azambuja, Luís de Sousa, está a tentar resolver o problema e adianta que a autarquia está a ponderar ceder à empresa o terreno do campo de futebol dos Casais da Lagoa.A ideia é que a Politejo possa construir ali um parque de estacionamento para os camiões que aguardam a vez de descarregar a mercadoria acabando com o estacionamento desorganizado à beira da Estrada Nacional 3. Como contrapartida a empresa deverá construir um campo de futebol alternativo na freguesia de Aveiras de Baixo.O jornal contactou a empresa Politejo, mas até à hora do fecho da edição não foi possível obter qualquer esclarecimento sobre o assunto.Ana Santiago
Estacionamento selvagem junto ao cruzamento das Virtudes

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...