uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Pedro Pinhal

35 anos, músico profissional, Chamusca

“Face às dificuldades que existem este ano para fazer a Festa da Semana da Ascensão ainda me orgulho mais de ser chamusquense, porque as pessoas não deixaram morrer a tradição. Eu também vou colaborar e faço-o com grande alegria”

Edição de 17.05.2006 | Agora falo eu
Concorda com a proibição de fumar em locais públicos?Sou um pouco contra imposições. Mas neste caso sou obrigado a concordar, porque verifico que normalmente não há respeito por parte da maior parte dos fumadores para com quem não fuma.Quando convida uns amigos para jantar serve vinhos do Ribatejo?Não sou grande apreciador de vinhos. Mas tento ter em casa vinhos de todas as regiões do país e dou prioridade de escolha aos amigos. Quando faço uma oferta a alguém é sempre vinhos da Chamusca, onde há bons néctares.Em casa quem é que faz o jantar?Todos menos eu. Faz a Joana ou a mãe que são boas cozinheiras. Eu até sei cozinhar umas coisas, mas é muito raro aventurar-me na cozinha.Se lhe dessem a escolher como oferta um bilhete para a final da Taça de Portugal em futebol ou um bilhete para o concerto do André Bocelli qual escolhia?Se fosse o Benfica um dos finalistas optava pela Taça de Portugal, porque me dava a hipótese de sair um pouco do ambiente normal. Mas como isso não acontece de certeza optava pelo concerto do André Bocelli.Toma algum calmante antes de andar de avião?Não. Gosto muito de viajar e nunca tive medo de andar de avião. Faço uma viagem como se fosse de automóvel.Tem algum mealheiro?Tenho, onde vou colocando algumas moedas de um euro.Como vê os aumentos constantes dos combustíveis?Com preocupação porque isso afecta-nos a todos. Mas também é verdade que apesar disso há cada vez mais pessoas a usar o automóvel, cada vez há mais trânsito nas estradas e mais engarrafamentos. É uma situação que não compreendo muito bem.Já pensou começar a usar os transportes públicos?Eu também me incluo no grupo que utiliza o automóvel para tudo. Estive agora alguns dias sem o automóvel e andei em Lisboa nos transportes públicos e garanto que isso é muito mais vantajoso. Contudo não vou deixar de andar de automóvel.O que o irrita mais nos outros?A incapacidade de dialogar, o pensar que sabe tudo, o não saber dar ouvidos aos argumentos que lhe são apresentados e sobretudo a sobranceria.Como são as suas férias ideais?Não tenho férias. Tenho trabalho quase todos os dias e, por isso, nos poucos tempos livres descanso em casa. E no Verão tento arranjar dois ou três dias para ir à praia. Mas tenho a profissão que gosto e por isso entendo que estou sempre de férias.A Ascensão continua a ser na Chamusca?Para mim é indiscutível que sim. E face às dificuldades que existem este ano para fazer a Festa da Semana da Ascensão, ainda me orgulho mais de ser chamusquense, porque as pessoas não deixaram morrer a tradição. Eu vou também colaborar e faço-o com grande alegria porque não vou deixar de participar num encontro de amigos, que é afinal o grande objectivo da festa.Rende-lhe mais a noite ou o dia?Sem dúvida que me rende mais a noite. O fado canta-se mais à noite e, por isso, profissional e particularmente a noite é muito mais rentável.Entregou a declaração do IRS pela Internet ou foi à repartição?Penso que foi pela Internet. Entrego esse assunto ao contabilista e ele é que trata de tudo.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...