uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Café arrombado com um carro

Café arrombado com um carro

Levaram caixa registadora e máquina do tabaco em Castanheira do Ribatejo

Um café foi arrombado por um carro antes de ser assaltado. Os ladrões tentaram ainda assaltar uma pastelaria vizinha. Castanheira do Ribatejo não escapa à onda de furtos que tem varrido a região.

Edição de 17.05.2006 | Sociedade
Três homens encapuzados assaltaram um café da Castanheira do Ribatejo, atirando um carro contra as portas do estabelecimento. Os ladrões carregaram a máquina de venda do tabaco e a caixa registadora num carro que tinha sido furtado a um agente da GNR. Minutos antes tinham tentado assaltar outro café, no mesmo bairro, mas não conseguiram arrombar a porta com um bloco de cimento de grandes dimensões. Ao que apurámos pretendiam furtar a máquina de tabaco. Os moradores da Rua António Conceição Diniz, na Urbanização Quinta de São João, acordaram em sobressalto às 04h50, do dia 10 de Maio, com o estrondo provocado pelo embate de um veículo contra as portas do café Del Rio. Os vizinhos ainda viram os homens a carregar a máquina mas nada puderam fazerLuís Lopes, o proprietário, residente no Carregado, foi alertado por uma vizinha do café e avançou para a Castanheira. “Cheguei cá primeiro que a GNR...”.O comerciante mostra-se desiludido por não ter conseguido contactar com a GNR durante o percurso. “Só quando chamámos via 112 é que apareceram”, lamenta. “Eles não têm a culpa pela falta de condições”, sublinha.Luís Lopes diz estar revoltado com a insegurança. “Nós somos obrigados a ter tudo em ordem, cada vez nos exigem mais, pagamos os impostos, mas não temos segurança”.Além do tabaco, a máquina, que vale cerca de cinco mil euros, continha 200 euros em moedas. Na caixa registadora estavam mais de 500 euros.Antes de arrombarem as portas do café del Rio, os meliantes tentaram assaltar a Pastelaria São João. Contra a porta de vidro arremessaram um pesado bloco de cimento, utilizado nas vedações de obras, mas não tiveram sucesso.O proprietário da pastelaria está indignado com a tentativa de assalto. “Viemos do Carregado para aqui porque era mais sossegado, mas lá nunca fomos assaltados, só tem a fama. Na Castanheira há assaltos todos os dias, levam carros das garagens, assaltam as casas...”, diz Carlos Marçalo.As máquinas de venda de tabaco estão cada vez mais na mira dos gatunos. Nos últimos meses, têm-se repetido os assaltos a estabelecimentos em várias localidades dos concelhos de Vila Franca de Xira, Alenquer, Loures e Benavente. O MIRANTE apurou junto de fonte da GNR que há indícios de que os assaltos têm sido perpetrados por diversos grupos. Onda de assaltos na zonaDe acordo com informação recolhida pelo nosso jornal, na semana passada foi assaltada uma residência na Castanheira do Ribatejo. Os ladrões levaram o ouro que encontraram, tendo abandonado um plasma na garagem.Além dos estabelecimentos e residências, algumas empresas sediadas na zona industrial têm sido frequentemente assaltadas. A Fiat, já foi visitada diversas vezes nos últimos dois meses, tendo sido furtados três carros, auto-rádios, uma máquina de café e dois cofres. Na semana passada voltou a ser visitada. “Arrombaram uma viatura de um cliente e levaram um rádio que estava no interior desmontado”, contou fonte da empresa.Mesmo ao lado, a oficina da Hyunday foi assaltada em Março, “dois dias após nos termos instalado”, contou o chefe de oficina, revelando que os assaltantes levaram algum material informático, um cofre, dinheiro, telemóvel e uma máquina fotográfica.Da Toyota, também localizada na zona industrial da Castanheira do Ribatejo, os amigos do alheio levaram diverso equipamento informático e outro material.José Bernardes
Café arrombado com um carro

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...