uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Qualificar para o futuro

Escola Profissional do Vale do Tejo reuniu em Assembleia Geral
Edição de 24.05.2006 | Economia
Realizou-se no dia 15 de Maio a assembleia Geral da Escola Profissional do Vale do Tejo (EPVT), que teve lugar nas suas instalações no Largo Pedro Álvares Cabral, em Santarém, junto à igreja da GraçaDa ordem de trabalhos, para além da aprovação do relatório e contas do exercício de 2005, constava alguns assuntos de interesse para o futuro da escola como a participação da Câmara de Santarém na estrutura accionista.Salomé Rafael, presidente do conselho de administração, dirigiu-se aos accionistas presentes na reunião e fez um balanço positivo do trabalho realizado até agora salientando, entre outros pontos, o crescimento do número de alunos, a excelente media de empregabilidade dos alunos quando chegam ao mercado de trabalho e a participação dos pais e da comunidade na vida da Escola ProfissionalSobre a participação da Câmara Municipal de Santarém na estrutura accionista da Escola Profissional do Vale do Tejo, e devido à ausência do presidente da câmara, Salomé Rafael aproveitou a reunião para historiar um processo com mais de oito anos, que já envolveu três diferentes presidentes de câmara. Moita Flores terá garantido a Salomé Rafael que vai cumprir todas as promessas feitas pelos anteriores executivos, respeitando, no entanto, os futuros interesses da autarquia ribatejana.A Escola Profissional Vale do Tejo tem, neste momento, cerca de 210 alunos distribuídos por sete cursos e onze turmas. Existem cursos tão diversos como Informática de Gestão, Contabilidade, Electrónica, Construção Civil, Turismo e Comércio. A escola estabeleceu cerca de 180 protocolos com empresas de diversas áreas, de modo a proporcionar-lhes um bom início de carreira, conseguindo, hoje em dia, um índice de empregabilidade que ronda os 60%. Nersant, Ensinus I, Metal Grupo, Terra Branca – Comunicação Social, Compal, Fundação Passos Canavarro, Ribatel, Terra Única, Isla, Tipografia Garrido & Lino, Unicer, Lusofane, Scalconsult, Cabena, JS Gouveia, A.Ferreira e Filhos, Agro Ribatejo, Criagás, Iberscal, Micromineiro, Pedramoca, Santa Casa Misericórdia de Santarém e Tecnoalmonda, são algumas das empresas acionistas da EPVT.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...