uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Pornografia e cópias ilegais no posto internet

Pornografia e cópias ilegais no posto internet

Computadores na Junta de Benfica do Ribatejo estavam a ser usados para fins pouco ortodoxos

Os computadores do posto gratuito de acesso à internet em Benfica do Ribatejo já estão barrados contra programas indesejáveis.

Edição de 24.05.2006 | Sociedade
O posto público de internet a funcionar na Junta de Freguesia de Benfica do Ribatejo, concelho de Almeirim, estava a ser usado para acesso a sites pornográficos. Os dois computadores não tinham qualquer tipo de protecção, o que levou o presidente da junta de freguesia, Amândio Freitas (CDU), a suspender temporariamente o serviço. Amândio Freitas disse a O MIRANTE que detectou a situação quando um dia estava na secretaria da junta, onde também funcionava o posto, e reparou que existiam imagens de mulheres nuas no ecrã de um dos computadores. Na altura o autarca verificou que o utilizador tinha apenas 9 anos. Segundo o autarca, quando os computadores foram instalados na junta de freguesia para utilização gratuita, no anterior mandato, não foi feito o barramento do acesso a sites como o da Playboy. Um dos que era mais visitado entre outros de cariz erótico ou pornográfico.Para além disso verificou-se que havia jovens que utilizavam os computadores para copiarem ilegalmente filmes e músicas da internet. Cópias que depois eram transferidas através de cabos próprios para computadores portáteis dos utilizadores.O posto esteve encerrado quatro meses e só abriu há cerca de um mês. Depois de um técnico da Câmara de Almeirim ter instalado sistemas de protecção nos computadores. E do posto ter mudado para o gabinete do presidente, que está agora instalado no mesma sala que o secretário e o tesoureiro da junta de freguesia.Amândio Freitas reconhece que o serviço esteve fechado durante mais tempo do que esperava, mas tal deveu-se a outras complicações encontradas. “Quando decidimos mudar o posto para o meu gabinete verificou-se que a instalação eléctrica passava nas mesmas condutas que os fios dos telefones e da internet. O que levanta problemas de segurança”, explicou, acrescentando que foi necessário fazer uma nova instalação separada para a internet.No mandato passado, quando a junta era gerida por António Mendes (PS), os dois computadores estavam instalados num espaço de cerca de dez metros quadrados na área de espera da secretaria da junta de freguesia. O que incomodava o trabalho dos funcionários e retirava espaço de circulação a quem se dirigia à junta, conforme salientou o autarca. O posto de internet da Junta de Freguesia de Benfica do Ribatejo foi instalado no âmbito do projecto Ribatejo Digital, da Comunidade Urbana da Lezíria do Tejo (CULT). Que numa das vertentes teve por objectivo levar as novas tecnologias às 93 locais das freguesias da Lezíria do Tejo.
Pornografia e cópias ilegais no posto internet

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...