uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Prioridade às pós-graduações e mestrados

Prioridade às pós-graduações e mestrados

Maria João Cardona tomou posse como presidente da Escola Superior de Educação de Santarém

A nova líder da ESES quer abrir a escola a novos públicos e qualificar o quadro docente.

Edição de 24.05.2006 | Sociedade
Dar prioridade à realização de pós-graduações e mestrados, abrir a escola à comunidade e cativar novos públicos são algumas das opções estratégicas na nova presidente do Conselho Directivo da Escola Superior de Educação de Santarém (ESES).Maria João Cardona tomou posse na liderança da ESES no dia 15, com os restantes membros do conselho directivo, na sequência das eleições realizadas a 26 de Março. À frente do quarto conselho directivo da ESES em dez anos de existência da escola, Maria João Cardona aposta em melhorar a comunicação da escola para o exterior, descentralizar e envolver a comunidade escolar.Além de pretender dotar a escola de um quadro de docentes mais qualificado e alargado com mestres e doutores, Maria João Cardona dá prioridade à realização de acções do segundo ciclo do ensino superior, pós-graduações e mestrados. Elogia o trabalho realizado até 31 de Março no âmbito do processo de Bolonha relativo à adaptação de cursos do I e II ciclo.Com uma postura optimista, a recém eleita líder da ESES recordou que a ESES está numa boa posição no contexto nacional de preenchimento de vagas no ensino superior politécnico.“Queremos manter a identidade como escola de educação mas também apostar noutras áreas formativas, como a admissão da escola a estudantes com mais de 23 anos, a disponibilização de disciplinas avulsas a alunos de cursos diferentes e de cursos em regime pós-laboral”, exemplificou.A presidente do Instituto Politécnico de Santarém (IPS) instou a ESES a abrir-se à região e a corresponder às necessidades regionais em matéria de qualidade da sua comunidade académica. Elogiou ainda o trabalho de adequação das licenciaturas existentes e dos cursos de mestrado para o próximo ano lectivo.Maria de Lurdes Asseiro afirmou sua disponibilidade em colaborar na afirmação, competitividade e desenvolvimento de todas as escolas do IPS. O líder da assembleia-geral da ESES, Mesquitela Pinto, fez votos para que o conselho directivo eleito consiga executar o seu papel por mais que um mandato. A acompanhar Maria João Cardona no conselho directivo da ESES irão estar os vice-presidentes António George Camacho e Jean Louis Campiche, o representante dos funcionários não docentes, Carlos Batista, e o representante dos estudantes, Tiago Mendes Correia.Ricardo Carreira
Prioridade às pós-graduações e mestrados

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...