uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

A origem do Banco do Tempo

Edição de 31.05.2006 | Sociedade
No início da década de 90, começaram a surgir em Itália os primeiros Bancos de Tempo, com o princípio base de sensibilizar a comunidade para a criação de um sistema de entreajuda, baseado numa troca de tempo. Estabelece-se assim uma verdadeira rede de solidariedade, de espírito de vizinhança, conjugando interesses comuns e sem movimentar dinheiro.O Banco de Tempo surge em Portugal em 2001 pela mão do Graal, uma organização não governamental. Actualmente existem 16 agências espalhadas por vários pontos do país, todas dependentes do Graal. Qualquer pessoa se pode inscrever no Banco do Tempo, basta ir à agência e preencher uma ficha de membro. Depois da inscrição recebe um cartão de membro, cheques e uma listagem dos serviços que pode usufruir. A única obrigação para os membros do Banco do Tempo é o “pagamento” de uma quota anual de quatro euros.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...