uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Livro de memórias do Presidente da Câmara da Golegã

“Entre a razão e o coração”

José Veiga Maltez atreveu-se a ser escritor para registar memórias suas e da sua família. Homem de acção não se limitou a anunciar que a sua vida dava um livro. Escreveu-o.

Edição de 04.10.2006 | Cultura e Lazer
Sexta-feira, ao final da tarde, a oito dias de completar cinquenta anos (nasceu a 7 de Outubro de 1956) o Presidente da Câmara da Golegã, José Veiga Maltez, reuniu dezenas de amigos na Casa Relvas, na sua Golegã, para lhes apresentar o livro “Entre a Razão e o Coração” - Dilemas de um médico-autarca”(Edições Castelão” - Chamusca).Trezentas e duas páginas, divididas em vinte capítulos, que fixam o percurso de vida do autor e fragmentos da história da sua família que se fixou na Golegã no início do século XIX.Na cerimónia de apresentação o Historiador Veríssimo Serrão, que prefaciou a obra e foi colega de estudos, no Liceu de Santarém, do pai de José Veiga Maltez, referiu que o livro revela “uma forte personalidade assente num carácter nobre e no seu bairrismo em prol da Golegã”, vila a que está indissociavelmente ligado apesar de ter nascido em Lisboa. José Veiga Maltez disse que não se considera um escritor e que o livro foi um “atrevimento”ditado pela necessidade de deixar testemunho das suas vivências. A declaração é sublinhada na dedicatória que faz aos seus filhos. “Para que a Carlota e o José Maria e quem depois deles vier, tenham “coordenadas”para o seu percurso, porque cada pessoa é um universo que está condicionado pelas suas próprias referências”.“Entre a Razão e o Coração” tem uma outra dedicatória: “À Memória de meu Pai que me ensinou e habituou a trabalhar”. O livro está dividido em vinte capítulos e é profusamente ilustrado com fotografias de época.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...