uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Município de Benavente contesta Lei das Finanças Locais

Edição de 04.10.2006 | Sociedade
A Câmara Municipal de Benavente solidarizou-se com a Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) na luta contra a nova Lei das Finanças Locais que deverá ser discutida e aprovada na Assembleia da República no dia 11 de Outubro.O executivo aprovou o documento crítico elaborado pela associação com uma abstenção da vereadora socialista Ana Casquinha que considerou exagerado o tom utilizado pela associação nas críticas ao Governo do PS.O presidente António Ganhão, que tem acompanhado as negociações com o Governo na qualidade de vice-presidente da ANMP considerou que, a ser aprovada esta proposta, Benavente irá perder metade das receitas actualmente transferidas pela administração central. O edil considerou que se a proposta avançar haverá muitas câmaras que ficam numa situação de insolvência. António Ganhão, que integrou o grupo que reuniu com o Presidente da República na segunda-feira e com o Ministro com a tutela das autarquias, António Costa na terça-feira-disse ter esperança de que o Governo irá dialogar até ao fim com a ANMP e ceder nalgumas posições.Entretanto, nesta quarta-feira, irá decorrer um congresso extraordinário dos autarcas portugueses no Pavilhão do Atlântico em Lisboa para decidir novas formas de luta. Com o presidente a integrar o conselho directivo da ANMP, o município de Benavente está representado pelos vereadores Carlos Coutinho, Manuel dos Santos e Ana Casquinha e pela presidente da Junta de Freguesia de Benavente Leonor Parracho.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...