uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

“Uma casa só para mim”

O lado bom da solidão
Edição de 11.10.2006 | Sociedade
Numa atitude natural de emancipação Susy Fialho, de 36 anos, deixou a casa da tia há três meses e foi viver sozinha em Povos, Vila Franca. “Sempre achei o máximo morar sozinha. Adoro chegar a casa e ter a casa toda para mim”. Quando está em casa sozinha, sem amigos ou namorado, fala, canta e até refila como se estivesse acompanhada. Não se sente só. Por vezes chega mesmo a procurar a solidão “para equilibrar”. Nos momentos em que está sozinha aproveita para conversar. “ Tenho longas conversas comigo. Talvez por isso me conheça tão bem. Tenho tempo para me conhecer”. Ao final do dia aproveita ainda para fazer um balanço do dia que termina. Coisas para as quais só morando sozinha consegue encontrar a tranquilidade e o tempo necessários.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...