uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Vereadora da CDU não gostou do tom

Edição de 11.10.2006 | Sociedade
Da oposição no executivo camarário, apenas a vereadora da CDU marcou presença na apresentação dos projectos para o mandato. Luísa Mesquita não gostou de ver Moita Flores afirmar que o futuro de Santarém começa agora. “Já existia antes e vai continuar após a sua saída. Assim como a festa. Todos somos necessários e ninguém está isento de fazer erros”, criticou. A autarca comunista valorizou as alterações previstas para o largo Cândido dos Reis mas mostrou dúvidas em relação à nova iluminação escolhida para o campo Sá da Bandeira. “Deveria ficar melhor integrada na estética da cidade”, defendeu.Na reunião do executivo de segunda-feira, José Marcelino, que substituiu pontualmente Luísa Mesquita, também abordou o assunto para criticar Moita Flores por apresentar os projectos antes de dar conhecimento deles ao executivo. Que vai ter a palavra final sobre a sua aprovação.O presidente da câmara defendeu-se dizendo que os projectos foram aprovados como sendo do executivo e que não visou obter protagonismo com a sua apresentação. Ressalvou que os projectos vão ser alvo de discussão e que a seu tempo serão apreciados na câmara. “Aquilo é a nossa proposta, que quisemos apresentar à população e que queremos discutir com o executivo”.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...