uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Eleições distritais fazem mossa em Abrantes

Concelhia do PSD demite-se em bloco e denuncia “ingerências”

Pedro Marques demitiu-se da liderança do PSD de Abrantes mas vai continuar a desempenhar funções como vereador na câmara.

Edição de 18.10.2006 | Política
A comissão política concelhia de Abrantes do PSD demitiu-se em bloco no domingo. Uma posição drástica de protesto contra “episódios de ingerência” na actividade dessa estrutura por “parte de dirigentes e líderes dos órgãos distritais” do partido, a quem o PSD de Abrantes acusa de “tentar cercear e torpedear a actividade dos órgãos legitimamente eleitos” para a concelhia em Março último.Como pano de fundo da polémica surge o processo eleitoral em curso para a distrital do partido, onde apenas surgiu uma lista liderada pelo deputado Vasco Cunha. A concelhia de Abrantes não gostou de ver Vasco Cunha escolher para representantes da sua candidatura nesse concelho três militantes que integram a oposição interna a Pedro Marques. E considerou essa atitude como uma manifesta falta de confiança nos dirigentes locais.O presidente demissionário da concelhia diz que a estrutura que dirigia ficou numa posição “desconfortável” ao ver Vasco Cunha escolher para seus mandatários “pessoas que têm perdido sistematicamente eleições” internas e que “alguns dirigentes distritais entenderam agora reabilitar”.Pedro Marques considera que a demissão era a única posição que lhes restava tomar depois dessa manifestação de falta de confiança na estrutura concelhia por parte de Vasco Cunha. Até porque, diz, nos restantes concelhos o candidato a líder da distrital escolheu sempre dirigentes das secções locais.Vasco Cunha, que actualmente é vice-presidente da distrital “laranja”, responde às acusações dizendo que a concelhia de Abrantes está a colocar as coisas em dimensões diferentes. “É uma birra interna do PSD de Abrantes”, diz o candidato da única lista apresentada às eleições distritais da próxima sexta-feira, que justifica a escolha dos seus representantes pela confiança que essas pessoas lhe merecem.O MIRANTE apurou que houve algumas movimentações para se tentar encontrar uma lista alternativa à de Vasco Cunha, que congrega o apoio de todos os deputados e presidentes eleitos pelo PSD no distrito de Santarém. E sabe-se que em Abrantes encontrava-se precisamente um dos núcleos dessa possível alternativa que acabou por não avançar.Apesar da demissão anunciada do cargo partidário, Pedro Marques vai manter o seu cargo de vereador na Câmara de Abrantes. Idêntica atitude terão outros dirigentes demissionários que desempenham cargos autárquicos. O ainda presidente da concelhia do PSD de Abrantes considera que foi legitimado nessas funções “por mandato do povo” e afirma estar disponível para trabalhar com a futura comissão política concelhia do PSD.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...