uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Demolições vão avançar no antigo Campo da Feira

Após a próxima edição do Festival Nacional de Gastronomia em Santarém
Edição de 18.10.2006 | Sociedade
A Câmara de Santarém vai começar a demolir em Novembro alguns dos edifícios do Campo Infante da Câmara, também conhecido como antigo Campo da Feira. Na linha da frente está o denominado pavilhão da Holanda - habitualmente utilizado para alojar alguns restaurantes durante o Festival Nacional de Gastronomia e que este ano já não vai ser utilizado. O imóvel onde funcionou o restaurante Mal Cozinhado está igualmente na lista.A garantia foi dada a O MIRANTE pelo vice-presidente da autarquia. Ramiro Matos (PSD) diz que logo que acabe a próxima edição do Festival Nacional de Gastronomia, que decorre entre 19 de Outubro e 5 de Novembro, há condições para o camartelo avançar e proceder-se à limpeza dos terrenos.A autarquia está também em negociações com diversas entidades e particulares que ocupam imóveis no Campo Infante da Câmara, para tentar chegar a acordo quanto à sua desocupação. A intenção é deitar tudo abaixo para se avançar com a requalificação daquela área no centro da cidade com cerca de 8 hectares. Embora não haja ainda ideia concreta quer quanto ao que se vai construir quer quanto ao modelo de financiamento. O presidente da câmara, Moita Flores (PSD), já admitiu que a autarquia não tem meios financeiros para avançar sozinha com obras de grande vulto. É por isso que o plano de pormenor aprovado pelo anterior executivo não deverá ser seguido à risca, pois, segundo Ramiro Matos, comporta uma grande fatia de investimento público.“Brevemente apresentaremos ao executivo e à população uma alternativa que tenha sustentabilidade financeira”, diz o vice-presidente, adiantando que só em infraestruturas o investimento é de largas dezenas de milhares de euros.Nos edifícios do antigo campo da feira estão há muitos anos instaladas várias instituições e entidades, como a delegação da Cruz Vermelha, um ATL, um jardim-de-infância, o Grupo Académico de Danças Ribatejanas, o Inatel, serviços municipais, um restaurante, um bar, entre outros. Entretanto, a câmara vai avançar com a reabilitação do espaço habitualmente utilizado para estacionamento durante o Festival de Gastronomia. A área em terra batida vai ser compactada para eliminar buracos e minimizar os efeitos da chuva.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...