uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Mota-Engil ganha concessão de auto-estradas da Grande Lisboa

Edição de 25.10.2006 | Economia
A Mota-Engil anunciou sexta-feira que o agrupamento LusoLisboa, liderado pela construtora, ganhou o concurso para a exploração e manutenção da Concessão rodoviária da Grande Lisboa.Em comunicado enviado à Comissão do Mercado dos Valores Mobiliários (CMVM), a Mota-Engil diz que o investimento global será de 292 milhões de euros a que corresponderá, para o Grupo Mota-Engil, um aporte de capital no montante de 27 milhões de euros.A auto-estrada da Grande Lisboa, em regime de portagens reais, tem um prazo de concessão de 30 anos (embora apenas de 5 anos para alguns troços já construídos, 66,5 quilómetros, para os quais a obrigação da concessionária é exclusivamente a exploração/manutenção, sem cobrança de portagens) e terá um custo de construção e alargamento (para 24,6 quilómetros) de 128 milhões de euros.O agrupamento LusoLisboa, liderado com uma percentagem de 36,09 por cento pelo Grupo Mota-Engil, foi "formalmente informado da adjudicação provisória da Concessão da Grande Lisboa", adianta o comunicado enviado à entidade reguladora do mercado.As acções da Mota Engil fecharam a sessão da Euronext Lisboa a subir 1,03 por cento, para 4,90 euros.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...