uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Polícia dá destino a automóveis abandonados

Estabelecido protocolo com empresa de desmantelamento em Abrantes
Edição de 25.10.2006 | Sociedade
A PSP de Santarém começou a retirar das ruas as viaturas abandonadas em avançado estado de degradação. Os veículos são encaminhados para um centro de desmantelamento em Abrantes. O primeiro carregamento de oito viaturas efectuou-se dia 9 de Outubro, depois de cumpridos os procedimentos legais com vista ao abate dos carros. Nos próximos tempos a PSP vai continuar a desenvolver processos visando a retirada destes “resíduos” da via pública, possível devido a um protocolo entre o comando distrital da polícia e uma empresa especializada, a RSA (Reciclagem de Sucatas Abrantina). A Polícia compromete-se a preparar todo o processo para o abatimento dos carros e a firma a receber os veículos.Se os veículos forem entregues no centro a empresa paga, segundo o subcomissário Jorge Soares do comando distrital da PSP, quatro cêntimos por quilo. Dinheiro que vai para a direcção nacional da polícia. Mas, como aconteceu no primeiro carregamento, se for a RSA a fazer o transporte das viaturas o montante que a polícia devia receber serve para custear o serviço.Sempre que a PSP identificar um automóvel abandonado na via pública reboca o carro para um depósito e notifica o proprietário, que tem trinta dias para o reclamar. Se não o fizer o veículo entra no processo de desmantelamento. Este protocolo vai ajudar a resolver o problema da meia centena de carros apreendidos que está à guarda da PSP a apodrecer num pavilhão da antiga Feira Nacional de Agricultura, em Santarém. Veículos que, como O MIRANTE noticiou em 26 de Abril, são alvos constantes de actos de vandalismo. Alguns, devido ao tempo que levaram os processos em tribunal, estão transformados em sucata. Mesmo que a justiça venha a determinar a sua entrega ao proprietário o único destino possível é o seu desmantelamento. Os que forem declarados perdidos a favor do Estado podem seguir para reciclagem mediante autorização do tribunal. Em Vila Franca de Xira, a PSP comunica à câmara municipal a existência de viaturas abandonadas e é a autarquia que fica responsável por lhe dar destino.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...