uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Espólio do poeta patente na Biblioteca Municipal de Almeirim

Exposição de homenagem a Francisco Henriques
Edição de 31.10.2006 | Cultura e Lazer
“Francisco Henriques: um símbolo da identidade local” é o título da exposição patente no átrio da Biblioteca Municipal Marquesa de Cadaval, em Almeirim, que teve início dia 23 de Outubro e decorre até 11 de Novembro. A exposição, que presta homenagem ao poeta almeirinense, está inserida nas comemorações do 15º aniversário da biblioteca.A máquina de escrever que sempre utilizou para escrever as suas poesias, um auto-retrato feito a tinta-da-china, as luvas que usou no seu casamento, a carta de condutor de velocípedes, o bilhete de identidade, cerca de duas dezenas de medalhas que ganhou pela participação em vários jogos florais e a sua bibliografia, são alguns dos muitos objectos que estão expostos nesta homenagem a Francisco Henriques.No dia da inauguração estiveram presentes, além de familiares, membros do executivo camarário, incluindo o presidente da autarquia, José Sousa Gomes, e alguns amigos e admiradores do poeta que aproveitaram para mais uma vez, recordar a sua obra. “É uma grande honra vermos os objectos pessoais do meu tio aqui expostos e foi com muito gosto que os disponibilizamos para a exposição. Não podemos deixar de nos sentir sensibilizados com mais esta homenagem a um homem que tanto amou a sua cidade”, referiu Teresa Henriques, sobrinha do homenageado.O autarca da cidade revelou-se bastante satisfeito com a exposição patente e revela que esta é uma iniciativa para continuar. “É uma forma de homenagear e recordar o nosso poeta pela grande obra que nos deixou. Quando a exposição terminar, o espólio do artista passará para o interior da biblioteca onde ficará permanentemente”, explicou Sousa Gomes a O MIRANTE.A exposição poderá ser visitada de segunda a sexta-feira das 10h00 às 12h00 e das 14h00 às 18h00. Recorde-se que O MIRANTE publicou o último livro do poeta, “Cântico à Minha Terra”, que entretanto saiu numa segunda edição actualizada e que constituiu um verdadeiro hino de homenagem á cidade e ao concelho de Almeirim.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...