uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Questionar para melhorar os 20 Km de Almeirim

Edição de 31.10.2006 | O Mirante dos Leitores
Não é meu hábito escrever para os jornais, acerca de aspectos que considero menos positivos nos eventos a que assisto ou em que participo. Contudo, desta vez não posso deixar de remeter a O MIRANTE algumas considerações sobre a última edição dos 20 Kms de Almeirim.De há 10 anos para cá, participei em oito edições da referida corrida de atletismo, sempre com muita satisfação. Independentemente da melhor ou pior forma física. A mais importante prova de atletismo do distrito de Santarém, e uma das melhores nacionais, era ponto de encontro anual e referência para muitas centenas de corredores de fim-de-semana. Porém, os tempos agora são outros. Inexplicavelmente, a prova que decorria em Janeiro, passou a realizar-se em Outubro. Como se esta mudança não bastasse, agora realiza-se ao sábado à tarde, quando a quase totalidade das provas de estrada se realiza aos domingos de manhã.Fazendo uma análise ligeira a esta decisão, colocam-se à partida algumas questões. Porquê realizar a prova ao sábado à tarde, quando muitos possíveis participantes trabalham de manhã? Provavelmente está aí uma das explicações para a redução do número de inscritos. Por outro lado, também me parece pouco adequado o horário escolhido, 16.00H. A meio da tarde, a meio das digestões, fora o horário habitual dos treinos, que se realizam ao início da manhã ou ao fim da tarde. Entre outras questões, estas são as que considero mais questionáveis.O calor que se fez sentir, que não é culpa da organização, ainda prejudicou mais o resultado final da grande maioria dos participantes. A organização não cuidou de colocar nos pontos de abastecimento produtos como bebidas de recuperação ou alimentos como frutas e compotas, para ajudar ao esforço dos atletas. Se isso tivesse acontecido, talvez os resultados tivessem sido outros e as ambulâncias não tivessem andado tanto.Para terminar, gostava ainda de referir três aspectos. A prova teve muito menos público a assistir do que em edições anteriores. A partida foi dada bem atrás da linha de partida, onde se encontravam os atletas denominados VIP´s, onde se destacavam os da empresa que patrocina a prova. O valor da inscrição é de 4 euros. Isto é, os atletas pagam para correr, o que talvez possa ser motivo para exigir alguma consideração por quem pratica desporto, sem objectivos de vitórias ou de ganhos fincaneiros.Espero que estas palavras sejam entendidas como a opinião de alguém que deseja que esta prova se mantenha por muito anos. Um abraço de amizade.David Gomes - Santarém

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...