uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Devastação de terrenos da RAN no Forte da Casa

Edição de 31.10.2006 | Sociedade
Na sessão da Assembleia Municipal a câmara foi também acusada de devastar terrenos de Reserva Agrícola Nacional (RAN) na ribeira dos Caniços. O deputado do Bloco de Esquerda Carlos Patrão lembrou o contínuo depósito de entulhos que se verificou nas margens da ribeira, inclusive da própria Junta de Freguesia do Forte da Casa.“O PS pratica e é conivente com este actos de vandalismo quando deveria ser o primeiro a zelar pela sua salvaguarda”, defendeu Carlos Patrão. O deputado manifestou o seu desacordo em relação à desafectação de terrenos de RAN, um dos pontos em discussão, para o arranjo da estrada dos Caniços por considerar que “não tem qualquer utilidade pública”. Carlos Patrão e o munícipe António Infante questionaram ainda a autarquia sobre se está prevista alguma intervenção no vale dos Caniços com vista à sua preservação como corredor ecológico. A presidente da câmara municipal garantiu a O MIRANTE que todos os corredores ecológicos previstos no Programa Regional de Ordenamento do Território da Área Metropolitana de Lisboa “estão salvaguardados”. Maria da Luz Rosinha adiantou ainda que em alguns casos no lugar onde estavam previstos corredores já existe construção pelo que deverão ser encontrados corredores alternativos.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...