uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Mais uma porta aberta para o parque temático na Lezíria de Vila Franca

Assembleia Municipal aprova interesse público do investimento

Os eleitos deram luz verde ao avanço da construção do parque de lazer em zona de Reserva Ecológica Nacional junto à ponte Marechal Carmona.

Edição de 31.10.2006 | Sociedade
A Assembleia Municipal de Vila Franca de Xira aprovou a declaração de interesse público do complexo turístico previsto para o Cabo da Lezíria. Um parque temático dedicado à natureza, um clube de campo e um hotel que visam o aproveitamento de uma área natural de excelência da região.Numa primeira fase serão recuperados os edifícios existentes, que pertencem à Companhia das Lezírias, para criar o parque temático que terá diversões dirigidas a todas as faixas etárias. Posteriormente a empresa Pólo do Cabo Lazer pretende construir um hotel de quatro estrelas com 100 quartos e orçado em 10 milhões de euros.Para o espaço, com cerca de 12 hectares e localizado em zona de Reserva Ecológica Nacional (REN), estão também previstas outras atracções, como um centro equestre, um clube de campo e um centro de observação de espécies, que deverão ser concessionados.Na sessão da assembleia municipal de 24 de Outubro foi também aprovado o interesse público da ocupação de área de REN para permitir a construção. O projecto foi aplaudido por todas as bancadas, apesar de ter recebido o voto contra do Bloco de Esquerda. A deputada municipal Carla Constâncio justificou o voto com o facto de a Companhia das Lezírias (CL) não ter facultado os protocolos estabelecidos com a empresa. A bloquista lamentou a posição da CL que acusou de falta de transparência. A empresa justificou a sua posição com o facto de ser uma sociedade anónima com regras bem definidas, mas mostrou-se disponível para prestar todos os esclarecimentos a qualquer eleito.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...