uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Antigo hospital do Cartaxo transformado em lar de terceira idade

Edição de 30.05.2007 | Sociedade
Vinte e quatro quartos individuais, duplos e de casal com mobiliário geriátrico ergonómico e casa de banho privativa, televisão, acesso à Internet e telefone fazem parte da oferta da Casa de Santa Cruz, o novo lar de idosos no Cartaxo. Nascido das cinzas do antigo hospital, entre as ruas Serpa Pinto e S. Sebastião, o lar da Santa Casa da Misericórdia do Cartaxo foi inaugurado no domingo com pompa e circunstância. As obras começaram a Novembro de 2005O átrio foi pequeno para quem quis marcar presença na cerimónia. O padre Cândido, pároco do Cartaxo, em representação de D. Manuel Pelino, bispo da diocese de Santarém, benzeu o edifício e ajudou Tomás Estevão, provedor da Santa Casa da Misericórdia do Cartaxo, a descerrar a lápide. Para além dos quartos, o lar conta com biblioteca, engomadaria, lavandaria, sala de tratamentos de fisioterapia ginástica, jacuzzi, sala de convívio, atelier, amplas varandas num serviço complementado com apoio médico nas diversas variantes. O edifício é abastecido por gás natural e há aproveitamento de energia solar e águas pluviais.Os utentes podem disfrutar da vista para um jardim com palmeiras que dá para o quartel dos bombeiros do Cartaxo, situado em frente. Pelos corredores do espaço estão afixadas placas do antigo hospital de Santa Cruz cuja fachada foi também preservada, numa homenagem a todos os voluntários que por ali passaram. João Carlos Fernandes, presidente da assembleia geral da Santa Casa, explicou no seu discurso que o edifício foi um investimento de grande vulto e que tem aplicadas as técnicas mais recentes, desde os processos construtivos até aos equipamentos e sistemas. O investimento ronda o milhão e meio de euros mas os responsáveis da instituição acreditam recuperar o valor com base nas receitas. Destinado a utentes com uma situação económica média/elevada, as mensalidades andam entre os 1.100 e os 1.250 euros dependendo da tipologia do quarto, conforme esclareceu Luísa Pato, da direcção da Misericórdia.Numa intervenção emocionada, o provedor da Misericórdia, agradeceu a todos os funcionários pela sua dedicação ao projecto, bem como à arquitecta e engenheiros envolvidos na obra. Também presente na inauguração, Manuel Lemos, representante do Secretariado Nacional da União das Misericórdias, não deixou de vincar a sua satisfação pela obra conseguida.O presidente da Câmara do Cartaxo, Paulo Caldas (PS), salientou que a Santa Casa conseguiu fazer “uma coisa rara, que é quando o Estado não consegue meios para cumprir uma determinada função, a Misericódia trabalhou e conseguiu arrancar com o projecto”. O autarca espera agora pelo sucesso do empreendimento de forma a que com os lucros se consiga concretizar a vontade de, num futuro próximo, investir num projecto dedicado às crianças e aos mais carenciados. A cerimónia terminou com um lanche ao som de um quinteto de jazz mas não sem antes serem homenageados os envolvidos no projecto com a entrega de medalhas.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...