uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Nova direcção na Escola de Futebol do concelho de Alcanena para requalificar equipamentos

Nova direcção na Escola de Futebol do concelho de Alcanena para requalificar equipamentos

Cento e setenta jovens treinam semanalmente nas já exíguas instalações desportivas dos Bugalhos
Edição de 17.10.2007 | Desporto
Cento e setenta jovens treinam para ser jogadores de futebol nas, já exíguas, instalações do Complexo Desportivo dos Bugalhos casa da Escola de Futebol do Concelho de Alcanena (EFCA), por isso a nova direcção, eleita recentemente, aceitou o desafio de alargar e melhorar as condições de trabalho do clube, e tem já projectos concretos para o fazer.Construir balneários e colocar piso sintético no campo número dois são para já os maiores desafios e prioridades. “O campo número um tem excelentes condições, mas já é manifestamente insuficiente para os treinos de todas as equipas que temos”, referiu o novo presidente da escola, Jorge Soares.Para já a nova direcção, que é formada em grande parte por elementos da anterior, muitos dos dirigentes já vêm desde a formação do clube, já lá vão 12 anos, conseguiu mobilizar alguns dos pais dos jovens jogadores e em conjunto pintaram as instalações do complexo e construíram muros de vedação do recinto de jogo. “Isto está muito mais apresentável e podemos colocar a publicidade nos muros, sem que esta se estrague com o vento e a chuva, e estamos satisfeitos porque contámos com a colaboração de muitos pais dos jogadores e empresas do concelho”, disse satisfeito Jorge Soares.“A seguir vamos partir para a construção dos balneários no campo dois, já temos materiais oferecidos, e contamos com a disponibilidade de algumas pessoas para nos ajudar na obra. O sintético vai levar mais algum tempo, mas com a ajuda da Câmara Municipal de Alcanena, que tem sido excepcional no apoio que nos tem dado, acredito que vamos conseguir levar por diante o projecto o mais rápido possível”, diz com esperança o presidente da EFCA.O apoio da autarquia é justificado pelo trabalho produzido pela EFCA ao nível dos escalões de formação. “Temos duas equipas de escolinhas, duas de escolas, duas de infantis, uma de iniciados e uma de juvenis, é um trabalho diário de grande profundidade, que só é possível levar por diante com o apoio da câmara, se ele um dia faltasse, tínhamos que fechar a porta”, garante o dirigente.A formação de atletas e de homens é ponto de honra dos dirigentes da EFCA. “Aqui preocupamo-nos com os jovens a todos os níveis, premiamos os que mais se destacam em termos de comportamento, assiduidade e ao nível dos estudos. Quando algum sai dos ‘carris é castigado’, para voltar ao normal. Os pais confiam em nós e nós ajudamo-los na formação dos seus filhos”, garantiu Jorge Soares.Ao nível desportivo a EFCA é já reconhecida como uma das melhores escolas de formação do distrito de Santarém, e é mesmo de formação que se está a falar, porque vai apenas até aos juvenis. “A partir dos juniores há o Atlético Alcanenense, clube com quem temos as melhores relações e um protocolo para que os jovens quando saiem dos juvenis passem para o atlético para os juniores”, garantiu o presidente.A EFCA tem também ao seu serviço 15 técnicos, todos com formação, que treinam as diversas equipas, pessoas que trabalham desinteressadamente, ninguém recebe nada pelo seu trabalho. “Estamos felizes e somos agradecidos por termos uma equipa de trabalho que faz o seu serviço por gosto”.Como forma de responsabilizar tanto os jovens jogadores como os pais, todos os jovens pagam uma jóia de entrada para o clube de 30 euros e mensalmente pagam nove euros. “Pagam com gosto porque sabem que o trabalho que aqui se desenvolve é de qualidade”, disse Jorge Soares.Uma outra ideia da nova direcção é a de levar por diante uma campanha de angariação de sócios. O objectivo é o de aproximar ainda mais a escola da população e de começar a haver um maior leque de pessoas para formar direcções no futuro.A instituição de um dia da EFCA, que possivelmente se realizará todos os anos em Outubro, é outra das ideias da nova direcção. Será um dia de festa onde se pretende juntar o mais possível de pessoas ligadas à escola, jogadores e pais, e também alguns convidados. “E aí faremos o reconhecimento público de quem nos ajuda e apoia”, garantiu o presidente, dando como exemplo o grupo de pessoas que em 2001 organizou a festa do dia 5 de Outubro, que agora resolveu pagar com o lucro dessa festa oferecer uma carrinha à escola. A terminar Jorge Soares deu também a informação de que entre outros a EFCA está a trabalhar na organização de um torneio a que será dado o nome de “Eusébio da Silva Ferreira” uma figura incontornável do futebol português. “Que já garantiu a sua presença nesse evento. É mais um motivo de entusiasmo para os jovens”.
Nova direcção na Escola de Futebol do concelho de Alcanena para requalificar equipamentos

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...