uma parceria com o Jornal Expresso
25/07/2017
Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Políticos salientam importância do voluntariado na protecção civil
Dia Nacional do Voluntariado celebrou-se em Santarém perante escassa assistência
Edição de 24.01.2008 | Sociedade
O vice-presidente da Câmara de Santarém, Ramiro Matos, e o governador civil Paulo Fonseca salientaram sábado a importância do voluntariado nos corpos de bombeiros e refutaram a ideia de que seja absolutamente necessário o total profissionalismo dos soldados da paz.No largo Infante Santo, em Santarém, e com a presença de dezenas de bombeiros em representação dos 28 corpos do distrito, Ramiro Matos constatou que, apesar da tónica presente da profissionalização, o voluntariado é a grande força da protecção civil. E lançou o repto ao governador civil, como representante do Governo, para que disponibilize meios e mais formação para todos os agentes envolvidos nessa área. Paulo Fonseca, que durante cinco anos (de 2000 a 2005) foi presidente da direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Ourém, sublinhou que os bombeiros merecem o acolhimento e solidariedade de todos e que apesar da necessária “vocação profissionalizante em expectativas e eficácia não se perca a vocação e orgulho em vestir uma farda”. Agostinho Teixeira, vice-presidente da Mesa Nacional do Congresso da Liga dos Bombeiros Portugueses, defendeu a criação de um novo modelo de financiamento dos bombeiros, que também disponibilize meios para a formação contínua de operacionais e de dirigentes. Um esforço que, afirmou, deve contar com as estruturas voluntárias de bombeiros, presentes no país há mais de um século.O subcomandante distrital de bombeiros, Rui Natário, preferiu dar enfoque à formação de novos bombeiros que, em 2007, registou mais 275 aspirantes e 175 cadetes. “Os 28 corpos de bombeiros do distrito contaram em 2007 com mais 240 novos elementos”, salientou Rui Natário.A cerimónia contou com a presença de diversos representantes de bombeiros do distrito que fizeram formatura perante escasso público. Foram também impostas medalhas de serviços distintos – grau ouro – nos estandartes dos 28 corpos de bombeiros do distrito de Santarém. Aos bombeiros voluntários de Ourém, Benavente, Rio Maior, Constância, Vila Nova da Barquinha, Santarém, Torres Novas, Salvaterra de Magos, Mação, Golegã, Ferreira do Zêzere, Entroncamento, Almeirim, Chamusca, Minde, Pernes, Caxarias, Samora Correia, Alcanede e Fátima, e aos bombeiros municipais de Santarém, Abrantes, Tomar, Coruche, Cartaxo, Alcanena, Alpiarça e Sardoal.
Comentários
Mais Notícias
    A carregar...