uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Chamusca Basket venceu com brilho a final do campeonato distrital de iniciados de basquetebol

Chamusca Basket venceu com brilho a final do campeonato distrital de iniciados de basquetebol

Chamusquenses venceram na final a quatro o Santarém Basket, Rio Maior e Eléctrico da Ponte de Sôr

A formação do Chamusca Basket Clube volta a estar em alta. Depois de um período difícil, as equipas do clube chamusquense voltam ao topo do basquetebol distrital. Domingo, numa demonstração de elevada qualidade, os iniciados masculinos, sagraram-se campeões distritais da categoria.

Edição de 07.02.2008 | Desporto
O Chamusca Basket Clube sagrou-se este domingo campeão distrital de iniciados masculinos de basquetebol. A jogar em casa, a formação chamusquense, que já tinha sido a primeira na fase regular da prova, mostrou toda a sua grande categoria e venceu todos os jogos disputados, garantindo o título com toda a justiça. Justiça que no final foi reconhecida pelos treinadores das equipas do Santarém Basket Clube, Clube de Natação de Rio Maior e Eléctrico da Ponte de Sôr que não tiveram problemas em afirmar que a escola de basquetebol da Chamusca está a voltar aos seus bons velhos tempos.No final da prova o treinador do Santarém Basket, José Brás, garantia estar satisfeito com o comportamento da sua equipa. Realçou o bom começo com as vitórias sobre o Eléctrico e o Rio Maior, e ficou satisfeito com a reacção frente ao Chamusca Basket, onde os jovens jogadores escalabitanos tudo fizeram para dificultar a vida à equipa vencedora. “Estamos a trabalhar bem com as camadas jovens em Santarém, e este segundo lugar é muito bom para nós, destaco também a excelente organização da final, estão todos de parabéns”, afirmou.José Brás destacou a excelente qualidade da equipa da Chamusca. “É uma equipa muito forte a este nível. Está a ser trabalhada há vários anos. Tem jogadores muito bons está perfeitamente entrosada. É efectivamente uma boa equipa. Nós demos o nosso melhor e penso que demos brilho à vitória do Chamusca Basket”, referiu.O treinador do Rio Maior, Hélder Silva, referiu que o objectivo da sua equipa foi sempre o de chegar à fase final, conseguiu e por isso já estavam todos satisfeitos. O técnico considera que se está a trabalhar bem na formação no Rio Maior mas existe o problema de haver poucos miúdos para jogar. “Estamos a trabalhar com estes jovens há pouco tempo. Foi bom chegarmos até aqui e pode ser que isso entusiasme mais jovens e os traga para o basquetebol”. A fase final do campeonato realizou-se no pavilhão da Escola EB 2,3 + S da Chamusca, onde se viveram três dias – de sexta-feira a domingo – de excelente propaganda para a modalidade. O basquetebol do distrito de Santarém mostrou que tem qualidade e revelou também um espírito de fair-play e grande amizade entre todos os intervenientes. Dirigentes, treinadores e jogadores mostraram que se pode competir com todo o entusiasmo sem se perder a compostura e a amizade existente entre todos. Até a raridade de ver os árbitros, na sua maior parte, muito jovens serem ovacionados no final aconteceu na Chamusca.Os resultados dos três dias foram os seguintes: primeira jornada, Santarém, 55 – Rio Maior, 49; Chamusca, 124 – Eléctrico 38. Segunda jornada: Santarém, 73 – Eléctrico, 39; Chamusca, 126 – Rio Maior, 31. Terceira jornada: Eléctrico, 70 – Rio Maior, 38; Chamusca, 104 - Santarém, 53. A classificação ficou assim ordenada: 1º Chamusca Basket, 6 pontos; 2º. Santarém Basket, 4 pontos; 3º Eléctrico, 2 pontos; 4º Rio Maior, 0 pontos.A equipa do Chamusca Basket que conquistou o título teve como treinador Manuel Azevedo e director Leonel Pinto. E composta pelos jogadores Diogo Vitória, João Redol, Bernardo Gago, Luís Silva, Pedro Costa, Tiago Bento, Rui Tomaz, Leandro Nascimento, Alexandre Carapinha e João António Timóteo, Ruben Timóteo, Tiago Lourenço, Luís Tanoeiro e Eduardo Oliveira.Escola de basquetebol da Chamusca está de volta aos tempos áureosDepois de uma fase difícil em que teve que andar com a casa às costas e por isso não era possível trabalhar com a mesma força, a escola de basquetebol da Chamusca está de volta aos tempos áureos. A equipa de cadetes esteve presente na final four, e a equipa de seniores, formada quase exclusivamente por jogadores oriundos da formação do clube, continua a dominar a sua série no Campeonato Nacional da Segunda Divisão. Por isso o treinador e coordenador do basquetebol chamusquense, Manuel Azevedo, é um homem feliz.“Estou muito satisfeito com esta vitória, não por mim mas por estes jovens que estão a trabalhar há quatro anos comigo. Mas estou igualmente satisfeito com a forma como o Chamusca Basket consegue rentabilizar as poucas verbas que tem ao seu dispor, e formar jogadores e homens como estamos a fazer. Vamos continuar a fazer tudo para que o basquetebol se afirme cada vez mais na Chamusca” afirmou, destacando a excelente moldura humana que esteve durante os três dias no Pavilhão da Chamusca.Manuel Azevedo fez questão de realçar o facto da equipa de seniores, formada quase exclusivamente por jogadores oriundos da formação, ter vencido o Marinhense 76-61, e estar no comando do Campeonato Nacional da Segunda Divisão. “É também uma equipa que nos orgulha. É treinada pelo Ricardo Martinho, que é também jogador, um jovem que fez a maior parte da sua formação aqui no Chamusca Basket, e tem a passagem à fase final praticamente assegurada”, disse.
Chamusca Basket venceu com brilho a final do campeonato distrital de iniciados de basquetebol

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...