uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Dois reclusos em greve de fome contra mudança para Évora

Edição de 07.02.2008 | Sociedade
Pelo menos dois reclusos do estabelecimento prisional de Santarém estão em greve de fome desde segunda-feira, em protesto contra a transferência para a prisão de Évora, confirmou fonte da Direcção-Geral dos Serviços Prisionais, que adiantou não ter conhecimento da entrada de um terceiro recluso em greve de fome, na terça-feira à tarde.Fonte do estabelecimento prisional de Santarém, disse que dois reclusos entraram em greve de fome na segunda-feira de manhã e um terceiro às 13h00 de terça-feira, adiantando que, “se a situação não se alterar”, os restantes vão aderindo gradualmente ao protesto.Os reclusos decidiram encetar este protesto porque entendem que a transferência de Santarém para Évora, prevista para esta semana, irá provocar um “desenraizamento do seio familiar”, disse a fonte. “Não é a reinserção social que faz a reintegração dos reclusos, é a família. Se nos afastam da família não há reinserção na sociedade”, disse.O protesto dos reclusos segue-se à entrega, quinta-feira, de duas providências cautelares no Tribunal Administrativo e Fiscal de Leiria, uma colocada pelo advogado que representa os reclusos e outra pelo Sindicato Nacional da Polícia (Sinapol), que visa tornar ineficaz o decreto-lei publicado nesse dia em Diário da República extinguindo este estabelecimento prisional.Os reclusos receiam que a decisão do tribunal só seja anunciada depois de os reclusos terem sido todos transferidos para Évora, o que dificultará a reposição da situação actual.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...