uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Reclusos do presídio de Santarém começaram a ser transferidos

Reclusos do presídio de Santarém começaram a ser transferidos

Operação faseada decorre ao longo desta semana apesar dos protestos
Edição de 28.02.2008 | Sociedade
Alguns reclusos do estabelecimento prisional (EP) de Santarém já foram transferidos para Évora, confirmou fonte da Direcção-Geral dos Serviços Prisionais. Fonte familiar disse que cinco dos cerca de 30 reclusos das forças de segurança que se encontram no EP de Santarém foram informados ao fim da manhã de segunda-feira que iriam para Évora a seguir ao almoço, num processo de transferência que será faseado ao longo da semana. Terça-feira foram transferidos mais sete reclusos e na quarta-feira cinco.A extinção do EP de Santarém foi publicada em Diário da República no passado dia 31 de Janeiro, dia em que os reclusos e o Sindicato Nacional da Polícia interpuseram duas providências cautelares no Tribunal Administrativo e Fiscal de Leiria a pedir a suspensão da eficácia do diploma.Os reclusos - três dos quais entraram em greve de fome no passado dia 4 de Fevereiro - contestam as condições do EP de Évora, que viu a classificação de estabelecimento regional passar para de alta segurança no mesmo diploma que extinguiu o EP de Santarém. Um dos reclusos, de 72 anos, suspendeu a greve de fome já esta semana a conselho médico. os outros dois prosseguem com o seu protesto.Segundo afirmam os contestatários, as obras entretanto realizadas foram apenas de “fachada”, alegando a diminuta dimensão das celas, as piores condições sanitárias (por exemplo a falta de duche nas celas) e a ausência de espaços, nomeadamente de recreio. Fonte ligada a um dos reclusos disse que a semana passada o director do EP de Évora foi falar com os reclusos, garantindo-lhes as melhores condições possíveis naquele estabelecimento. Os familiares dos reclusos, alguns dos quais chegaram a promover uma vigília de protesto à entrada do EP de Santarém, alegam ainda a falta de centralidade e as piores acessibilidades de Évora para contestarem a transferência.
Reclusos do presídio de Santarém começaram a ser transferidos

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...