uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Miguel Martins

Miguel Martins

25 anos, Benavente, Soldador

“Se ganhasse o euromilhões melhorava a minha vida substancialmente. Aproveitava para viajar muito. Mas não me esqueceria de ajudar a minha família. E algumas instituições de solidariedade do concelho que precisassem, sobretudo, lares de terceira idade”

Edição de 03.07.2008 | Agora falo eu
O que faz falta a Benavente?Diversão nocturna para os jovens. É das poucas falhas da vila. Se queremos sair à noite temos de ir para fora e como temos de conduzir não podemos divertir-nos tranquilamente como acontece durante a semana da Festa da Sardinha Assada em que ficamos a noite toda na vila, divertimo-nos e vamos para casa a pé.O que achou da prestação da selecção nacional no Euro 2008?Ficou um pouco aquém das expectativas uma vez que tínhamos uma grande equipa com possibilidades de chegar à final e até mesmo de vencer. Mas a equipa jogou bem. Tiveram pouca sorte contra a Alemanha. Jogámos melhor, mas os alemães vão à baliza adversária e marcam golo.A Espanha foi um justo vencedor do campeonato europeu de futebol?Sim. Desde a primeira jornada que foi a equipa mais equilibrada e jogou melhor futebol. E já que a Alemanha nos eliminou torci sempre por “nuestros hermanos”. (risos)Qual a sua opinião sobre a ida de Scolari para o Chelsea?Scolari é, talvez, o segundo melhor treinador do mundo a seguir a José Mourinho. É capaz de fazer um bom trabalho à frente do Chelsea. Não concordei foi com terem anunciado a sua contratação durante o Euro. Se ele foi o primeiro a dizer que durante o campeonato da Europa não se falava em contratações não podia ter feito o que fez. Os jogadores dizem que não, mas acredito que isso desestabilizou a equipa e teve influência no resultado.Quem gostaria de ver como próximo seleccionador de futebol?Gosto muito do brasileiro Zico. É um grande treinador que se encaixaria muito bem no nosso estilo de jogo e filosofia de futebol. Português, sem dúvida, Manuel José. Tem feito um grande trabalho.Onde costuma passar férias?Vou todos os anos para Albufeira, no Algarve, com os amigos. Há cerca de seis anos que vou sempre também até Pamplona (Espanha) assistir às largadas de toiros. Este ano é que vou ter que faltar porque participei na comissão de festas da Sardinha Assada e fiquei sem tempo. Mas no próximo ano espero voltar.Para que local é que não iria de férias mesmo que lhe pagassem?Não ia para zonas onde existam tsunamis, terramotos ou furacões. Tenho muito respeito pelas catástrofes naturais e se puder evitá-las, evito. Mesmo que sejam numa ilha paradisíaca.O que faria se lhe saísse o euromilhões?Melhorava a minha vida substancialmente. Aproveitava para viajar muito. Mas não me esqueceria de ajudar a minha família. E algumas instituições de solidariedade do concelho que precisassem, sobretudo, lares de terceira idade.Qual das equipas portugueses se está a reforçar melhor para a próxima época?Sou do Benfica por isso tenho que puxar a brasa à minha sardinha. (risos) Estão a fazer boas contratações e penso que o treinador foi uma boa opção para rejuvenescer o Benfica e trazer de volta a grande alma do clube. Temos que ser campeões este ano.
Miguel Martins

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...