uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Missa Rociera, Camané e muitos toiros nas ruas para animar o Colete Encarnado

Missa Rociera, Camané e muitos toiros nas ruas para animar o Colete Encarnado

Vila Franca de Xira reencontra-se com as suas tradições nos dias 4, 5 e 6 de Julho

A homenagem ao Campino e as largadas de toiros são indispensáveis na Festa do Colete Encarnado. A missa Rociera com Sevilhanas e Frei Hermano da Câmara complementam o tempero exigido por aficionados da festa brava. E há a música com Camané à cabeça.

Edição de 03.07.2008 | Colete Encarnado
Respira-se um ambiente taurino em Vila Franca. Está aí mais um Colete Encarnado, a festa maior da cidade. As tronqueiras colocadas nas ruas anunciam as esperas de toiros e as varandas, janelas e montras estão decoradas com motivos ribatejanos como que a convidar os visitantes a participarem na festa nos dias 4, 5 e 6 de Julho.Um jantar com representantes de quase 30 tertúlias do concelho antecipa a festa na noite de quinta-feira que promete ser animada também no largo da Misericórdia com um espectáculo de fado com a família Câmara que encerra a semana da cultura tauromáquica. Na sexta-feira pela manhã os bombos e concertinas anunciam a festa no mercado municipal e na praça do município. Às 19h30 inicia-se o desfile de tertúlias e tertulianos desde o largo da câmara até à Igreja Matriz onde terá lugar a missa Rociera com a participação de Frei Hermano da Câmara e do Coro “Aire d’el Camino”. A homilia presidida pelo Padre Victor Gonçalves é o momento religioso da festa. Terminada a missa, fadistas de Vila Franca cantam na escadaria da Igreja para satisfação de dezenas de espanhóis e centenas de lusos que apreciam o fado castiço. A primeira espera de toiros será às 22h00 e quando os animais saírem dos curros atrás dos campinos montados a cavalo, já estarão milhares de aficionados nas ruas. Os primeiros ‘Olés’ da festa ecoam e os mais afoitos começam a arriscar com recortes na cara dos toiros. A noite continua animada com fado no Palco do Mártir Santo e concerto com “Anjos” no palco da juventude junto à PSP.Sábado é o dia maior do Colete Encarnado e o campino é a figura principal da festa. De manhã já provas de condução de cabrestos e corridas de campinos e às 16h00 será a homenagem ao campino seguida de desfile pelas ruas da cidade. A espera de toiros é às 18h30 e a noite é de sardinha assada com distribuição de sardinha, pão e vinho gratuitos para todos os visitantes. Já com uma boa parte dos convivas mais animados, Haverá música para todos os gostos e animação itinerante com bandas, tunas, folclore e fado nas ruas da cidade e nos palcos descentralizados.No palco principal, junto da PSP actua a orquestra espanhola ‘Loucura Latina’. A noite promete e a madrugada também. Às 02h00 será a garraiada na praça de toiros e no final haverá distribuição de caldo verde gratuito nas ruas. Na manhã de domingo há nova espera de toiros (10h30) e a animação continua à tarde “para quem ainda tiver forças”, como sublinha a presidente da câmara ao realçar que “a festa nunca pára”. Folclore e música popular no jardim municipal, espectáculos infantis no largo da câmara animação itinerante com a orquestra Xira Brass, nas ruas, antecedem a Corrida de Toiros do Colete Encarnado às 17h30.A noite de domingo é dedicada ao concerto com o fadista Camané e a festa termina com o lançamento de fogo de artifício no rio Tejo.
Missa Rociera, Camané e muitos toiros nas ruas para animar o Colete Encarnado

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...