uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Soluções de formação para quem se quer valorizar

Escola Técnica dá cursos na área da saúde em Santarém

A Escola Técnica de Formação Especializada Metódica e Analítica dá formação para Auxiliar de Acção Farmacêutica; Auxiliar de Acção Médica; Auxiliar de Educador de Infância; Auxiliar de Geriatria; Massagem Desportiva e de Reabilitação; Drenagem Linfática; Pré e Pós Parto. A sua directora é Mafalda Vaz Pinto.

Edição de 03.07.2008 | Especial Ensino
Como nasceu a Escola Técnica de Formação Especializada Metódica e Analítica?Enquanto Directora Técnica de Farmácia encontrei dificuldades em recrutar auxiliares de acção farmacêutica. Todas as pessoas que me apareciam não tinham a mínima noção do que é uma farmácia. Lembrei-me que seria importante formar estas pessoas que gostariam de ingressar na profissão, falei com alguns colegas farmacêuticos que partilhavam da mesma opinião e acharam uma óptima ideia pondo ao meu dispor a sua disponibilidade para ajudar no processo de formação e estágios, e assim nasceu a escola.Quais as principais áreas de formação a que a escola de dedica? Qual é o publico alvo?As principais áreas de formação são: Auxiliar de Acção Farmacêutica; Auxiliar de Acção Médica; Auxiliar de Educador de Infância; Auxiliar de Geriatria; Massagem Desportiva e de Reabilitação; Drenagem Linfática; Pré e Pós Parto.O público-alvo da Escola é variadíssimo, dos 16 aos 50 anos, licenciados no desemprego ou com empregos preçários, quem não está contente com a sua profissão e quer melhorar.De que forma a abertura desta instituição veio colmatar algumas necessidades no mercado de trabalho?A abertura da Escola Técnica de Formação veio colmatar essas necessidades, até porque a maioria dos nossos formandos são recrutados antes mesmo de terminarem os cursos. Todas as semanas somos contactados por diversas entidades nomeadamente, Farmácias, Escolas e Hospitais.Como caracteriza os cursos ministrados na escola assim como as apetências adquiridas pelos formandos para o mercado de trabalho?Como referi nas perguntas anteriores, os alunos quando terminam os cursos estão muito bem preparados para iniciarem a actividade profissional.O nosso índice de empregabilidade é de 90%, o que reforça exactamente o que acabo de afirmar.A acreditação pela D.G.E.R.T. é uma mais-valia para a escola? De que modo é que essa certificação se repercute nas saídas profissionais dos cursos?Sem dúvida, embora a nossa escola já tivesse marcado a diferença pela qualidade da formação e do corpo docente.Como é constituído o corpo docente da Escola?O corpo docente da Escola é constituído por licenciados em Ciências Farmacêuticas, curso de Auxiliares de Acção Farmacêutica, o mesmo se passa nos outros cursos. Os formadores são todos licenciados nas áreas que leccionam, no caso de Auxiliares de Acção Farmacêutica a escola tem como formadores profissionais dos vários ramos das ciências farmacêutica, hospitalar e industria para que haja uma visão abrangente do que é a farmácia. Quantos pólos têm?A sede é em São Domingos de Rana (Lisboa), abrimos o primeiro pólo no Algarve, depois em Setúbal e há um ano abrimos em Santarém. Iremos abrir brevemente em Évora e Braga.Também fazem outro tipo de formações mais pequenas?Sim. Damos formações para farmacêuticos e fazemos cursos de primeiros socorros e outras com menos carga horária.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...