uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Bacia de recepção é secundária, diz INAG

Edição de 03.07.2008 | Sociedade
A bacia de recepção de águas que está a ser construída nas imediações do centro de estágios do Futebol Clube de Alverca não é suficiente para impedir as cheias na cidade. Quem o diz é o director de serviços do Departamento de Controlo de Cheias da Região de Lisboa do INAG (Instituto da Água), António Valério.Agora que está projectada a intervenção estrutural de regularização do rio Crós Cós o responsável refere que quando muito o investimento poderá ser aproveitado pelo clube para questões de lazer, como já acontece em outros municípios. A presidente da Câmara de Vila Franca de Xira não partilha da mesma opinião e considera por seu lado que todos os esforços são importantes para minimizar o impacto das cheias. Recorde-se que a Câmara de Vila Franca de Xira exigiu ao Futebol Clube de Alverca a construção da bacia em troca da licença do centro de estágios para minimizar o problema das cheias na cidade. Maria da Luz Rosinha lembrou na altura que a autarquia também se disponibilizou a comparticipar em um milhão de euros a construção do equipamento desportivo.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...