uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Cooperativa de Vila Franca apostada em criar mercado de produtos biológicos

Cooperativa de Vila Franca apostada em criar mercado de produtos biológicos

Reduzir os custos dos produtos retirando os intermediário é o objectivo

Uma cooperativa de produtos biológicos está a dar os primeiros passos em Vila Franca de Xira. Tem três dezenas de associados, mas quer chegar aos 500 para eliminar os intermediários, reduzir os custos de transporte e baixar preços.

Edição de 03.07.2008 | Sociedade
A recém-criada Cooperativa de Consumo de Produtos e Serviços Biológicos, com sede em Vila Franca de Xira, está empenhada na criação de um mercado local de produtos biológicos. Havendo um mercado de consumidores, cria-se uma oportunidade de negócio. E os produtores da região ganham um local onde colocar os seus produtos, acreditam os responsáveis da cooperativa. Eliminar os intermediários e as despesas como os custos de transporte pode permitir baixar o preço dos produtos e ao mesmo tempo aumentar os rendimentos dos produtores. Mas para isso a cooperativa terá que dilatar em muito o número de cooperantes, actualmente a rondar os trinta elementos. “Se houvesse uma cooperativa com mais de 500 consumidores em dois anos metade dos produtos que venderíamos seriam da localidade”, atesta o representante da instituição, Francisco da Costa.Para atrair cooperantes a entidade está a apostar num trabalho inicial de divulgação de informação sobre este tipo de agricultura. A produção de produtos agrícolas sem recurso a químicos ainda é uma actividade desconhecida até por muitos agricultores. A aposta passará dar formação aos agricultores sobre as vantagens desta “agricultura saudável” e sensibilizar os consumidores através da venda directa em feiras locais. “É importante habituar as pessoas a verem os produtos biológicos à venda”, explica Francisco da Costa. Para isso a cooperativa tem em mente, além da abertura de um espaço de venda ao público em Vila Franca de Xira, a criação de parcerias com restaurantes e lojas da região. “O meu sonho era tomar um pequeno-almoço com leite, pão, manteiga e café biológicos. Ter a oportunidade de ter essa escolha num qualquer café de Vila Franca de Xira”, explica o responsável.Para os representantes da cooperativa Vila Franca tem condições para liderar o processo de conversão de agricultura tradicional em agricultura biológica. “Tem um peso da agricultura ainda considerável e poderia desenvolver uma imagem de marca a esse nível”, defende Francisco da Costa. É com esse intuito que a entidade pretende gerar uma associação de produtores com a qual quer trabalhar directamente. A cooperativa, criada em Janeiro deste ano, atravessa uma fase inicial de organização e consolidação. “A fase mais difícil é agora, precisávamos de um grande investimento mas não há dinheiro”, confessa o responsável. O sucesso da implementação da cooperativa só depende de um factor, segundo Francisco da Costa: “vai depender muito da forma como a malta nova se mobilizar para este projecto, precisamos de pessoas”. “Já fizemos acções em que as pessoas não apareceram”, lamenta.Na opinião do consumidor “está a acontecer uma revolução silenciosa”, mas é preciso juntar as pessoas, “criar outra vez comunidades organizadas que mudem o rumo das coisas”.
Cooperativa de Vila Franca apostada em criar mercado de produtos biológicos

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...