uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Juntas de freguesia do Cartaxo vão receber 1,384 milhões de euros

Edição de 03.07.2008 | Sociedade
A Câmara do Cartaxo vai descentralizar mais de 1,3 milhões de euros em 2008 para as oito juntas de freguesias do concelho. Os protocolos foram aprovados na reunião do executivo de 30 de Junho com a vereadora do PSD, Manuela Estêvão, a votar a favor ao lado dos eleitos do PS. Manuel Jarego (PSD) optou pela abstenção. Mário Júlio Reis (CDU) esteve ausente da reunião. O presidente da Câmara, Paulo Caldas (PS), diz transferir em 2008 o maior montante para as freguesias desde 2001, período desde o qual as juntas receberam mais de sete milhões de euros. No total são 1.385.606,84 euros (957 mil euros em 2007). Com 675 mil euros (48 por cento do total) destinados à concretização de obra e 710 mil euros para pagamento de despesas correntes, onde se inclui o protocolo escolar para a manutenção, valorização e dinamização dos estabelecimentos de ensino.Vila Chã de Ourique é a freguesia que mais recebe – 383.213,92 euros. Segue-se Pontével (292.863,42 euros), Vale da Pedra (252.377,37 euros), Valada (128.368,90 euros), Lapa (120.206,05 euros), Vale da Pinta (99.539,34 euros) e Cartaxo (82.333,19 euros). Bem abaixo das restantes surge a Ereira com 25.707,65 euros. Manuel Jarego justificou a abstenção com o aumento expressivo das transferências e considerou que uma câmara que revela grandes dificuldades financeiras não tem essa capacidade. Manuela Estêvão defendeu a sua posição com o facto de o ano já ir a meio e ser necessário cumprir os protocolos, mas aconselhou contenção nos gastos aos autarcas das juntas.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...