uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Políticos assim não fazem falta à democracia

Edição de 10.07.2008 | O Mirante dos Leitores
O eleito da CDU na Assembleia Municipal de Almeirim, José Alfaiate, é contra a instalação do Estabelecimento Prisional de Lisboa e Vale do Tejo naquele concelho, porque, entre outras coisas, está convencido que as famílias dos presos, que os visitam regularmente, têm características semelhantes àqueles e irão contribuir para a insegurança na freguesia de Fazendas de Almeirim.Quando um político desce a este nível é óbvio, para mim, está na hora de abandonar a política. Pode fazer muita falta ao partido que representa mas não faz falta nenhuma à democracia. Nem ele, nem os que usam o mesmo tipo de argumentação.O insulto às famílias e amigos dos presos foi proferido publicamente a 26 de Junho, no decorrer de uma sessão da Assembleia Municipal. Não surgiu a quente no decorrer do debate. Fazia parte de uma lista de argumentos que José Alfaiate levou para a reunião. Foi pensado. Preparado. Foi algo premeditado e por isso é mais grave. A injustiça do argumento forçou o presidente da Câmara de Almeirim, Joaquim Sousa Gomes, a expor a sua vida pessoal e da sua família. Falou das visitas feitas a um familiar que esteve preso para dizer que nunca se sentiu criminoso por isso, antes pelo contrário. E que nunca foi tratado como tal pelas autoridades ou pelos habitantes do local onde a prisão estava instalada. Fê-lo a quente. É humano que a vítima de uma ofensa reaja de pronto. Quando se levantou para falar já não o fez como autarca, em defesa da localização de uma prisão. Foi como cidadão, em defesa da dignidade e da honra. Dele e de quem não estava na sala. Rui Ricardo

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...