uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Vila Franca é o concelho do país com mais Centros de Apoio aos imigrantes

Quinto Centro de Centro Local de Apoio à Integração de Imigrantes vai abrir em Alverca

Mais de metade dos cidadãos que recorreram aos serviços existentes no concelho são de nacionalidade brasileira

Edição de 09.07.2008 | Sociedade
Vila Franca de Xira vai criar o quinto Centro Local de Apoio à Integração de Imigrantes (CLAII) do concelho, nas instalações da Junta de Freguesia de Alverca. A abertura do Centro reforça o estatuto de Vila Franca como o concelho do país com mais estruturas de atendimento aos imigrantes. Dos 68 CLAII existentes em todo o país, quatro estão no concelho.A revelação foi feita pela Alta Comissária para a Imigração e Diálogo Intercultural, Rosário Farmhouse, que esteve presente na assinatura do protocolo. Farmhouse considerou a existência dos CLAII “essenciais para que se conheça a realidade e para que se tomem medidas”.O protocolo de cooperação entre a câmara e o Alto Comissariado para a Imigração e Diálogo Intercultural foi assinado na sexta-feira, dia 4, nas instalações da Câmara Municipal. Prometida ficou a continuidade da aposta no acolhimento, informação e apoio a cidadãos oriundos de outros países. Desde Março de 2007, que o concelho tem em funcionamento quatro CLAII, localizadas em Arcena, Vialonga, Póvoa de Santa Iria e Vila Franca de Xira. Foram já atendidos 1500 imigrantes, 70% dos quais com idades entre os 18 e os 55 anos. Mais de metade dos cidadãos, maioritariamente de nacionalidade brasileira (42%), cabo-verdiana (19%) e angolana (10%), recorreram aos serviços para tratar dos processos de legalização.O último estudo sobre o universo da população imigrante no concelho foi efectuado em 2004 e apontava para a existência de 4321 pessoas oriundas de outros países. Com base no Censos de 2001, o estudo demonstra um crescimento de 139% do número de imigrantes, entre 1991 e 2001. A maioria dos cidadãos imigrantes residia nas freguesias de Alverca, Vialonga e Póvoa de Santa Iria.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...