uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Vídeo-vigilância apenas serve para tranquilizar más consciências

Edição de 17.07.2008 | O Mirante dos Leitores
Os sistemas de vídeo-vigilância servem apenas para tranquilizar as consciências de quem é responsável pela segurança dos cidadãos. Alguém acredita que um ladrão deixe de roubar ou um assassino deixe de matar só porque há a probabilidade de estar a ser filmado? Claro que não. Mais eficaz do que qualquer câmara de vídeo é um policiamento eficaz. É para isso que existem as polícias. Um polícia pode dissuadir um crime com a sua presença. Uma câmara de vídeo-vigilância não. Se as polícias tiverem efectivos, meios e autoridade; se o Parlamento aprovar leis que permitam punir exemplarmente os criminosos e se a justiça for célere e rigorosa, não desmotivando as autoridades, haverá melhores resultados no combate ao crime. A única coisa que as câmaras de vídeo-vigilância podem permitir é a identificação de criminosos. Mais nada. Segundo creio saber as imagens que gravam nem sequer podem servir de elemento de prova nos tribunais. Se um cidadão tiver que passar por uma zona potencialmente perigosa, é mais protegido se a zona for policiada do que vídeo-vigiada. Quem tem dúvidas? Eu não!!Helena Souto

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...