uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Galardoados de Alverca apontados como exemplo para a comunidade

Galardoados de Alverca apontados como exemplo para a comunidade

Cidade premeia o trabalho e o mérito no dia do 18º aniversário

Estudem, sorriam, ajudem o próximo e trabalhem com empenho e dedicação, façam os outros felizes. Este é o resumo das mensagens dos galardoados para toda a comunidade.

Edição de 17.07.2008 | Sociedade
“Qualquer aluno que estude nas escolas de Alverca pode vir a ser cientista. Eu sou a prova disso. Temos que perder complexos e sabermos que somos capazes de estar ao nível dos melhores”. Foi com palavras de incentivo aos estudantes que o cientista Rui Ribeiro, professor auxiliar na faculdade de engenharia da Universidade do Porto, agradeceu o galardão de mérito científico e tecnológico da cidade de Alverca. Rui Ribeiro, que passou a infância e juventude naquela cidade do concelho de Vila Franca de Xira, dedicou o prémio à família nomeadamente aos filhos e à sua professora do jardim-de-infância, Manuela Oliveira que, segundo disse, teve um papel fundamental na sua educação.Integrado nas comemorações da elevação de Alverca a cidade que na sexta-feira, 11 de Julho, assinalou o 18º aniversário, a junta de freguesia, como vem sendo hábito, atribuiu os Galardões de Mérito nas diversas áreas da sociedade. Cerca de duas centenas de pessoas entre familiares e amigos dos premiados encheram o auditório da sociedade filarmónica recreio alverquense onde assistiram à entrega dos prémios.A presidente da câmara municipal de Vila Franca de Xira, Maria da Luz Rosinha recebeu o galardão de mérito autárquico. Francisco Araújo que desde os 13 anos se dedicou à profissão de mecânico de bicicletas tendo começado a sua carreira no Sporting Clube de Portugal venceu na área de mérito desportivo. Em determinada fase da sua vida foi mecânico e amigo pessoal de um dos maiores ciclistas portugueses de sempre, o já falecido Joaquim Agostinho.Manuel Félix Cardoso, presidente da instituição de apoio a idosos e reformados de São Romão que foi sócio fundador do Centro de Apoio Social do Bom Sucesso e Arcena foi galardoado pelo seu empenho nas causas sociais. “É uma honra receber este galardão que é o reconhecimento do nosso trabalho em prol da comunidade. Dedico o prémio aos meus filhos que muitas vezes estiveram privados da minha ausência quando estava dedicado à causa social. Mas que sempre compreenderam e apoiaram a minha actividade de voluntário”, explicou o premiado. Ao actor João de Carvalho, que participou em várias peças de teatro e séries de televisão entre as quais “Os Malucos do Riso”, e que vive há vários anos em Alverca foi atribuído o galardão de mérito cultural. O actor, filho de Ruy de Carvalho, agradeceu o prémio e dedicou-o à família. “Os meus pais sempre me ensinaram a amar e a servir o próximo e é isso que tenho feito. Adoro a cidade de Alverca que me adoptou e agora fez o favor de me atribuir um prémio de cultura. Faço apenas aquilo que a minha alma me pede e o coração deseja que é ter um sorriso para todas as pessoas que me abordam na rua”, afirmou.O empresário José Mendes Leal, administrador da Transportadora Nacional de Camionagem (TNC) cujas instalações estão situadas na Estrada Nacional 10, em Alverca, foi distinguido com o galardão de mérito empresarial. Foi o único galardoado que não esteve presente na cerimónia. Em dia de festa e estando na dupla qualidade de galardoada e de presidente da câmara de Vila Franca de Xira, Maria da Luz Rosinha dirigiu-se “a todos os alverquenses”, no início da cerimónia, garantindo que estão a ser feitos todos os possíveis para melhorar o que não está bem na cidade de Alverca. A autarca disse que até ao final de 2008 vão continuar a ser realizadas obras tarefas que melhorarão a qualidade de vida de todos os habitantes. Deu como exemplos a requalificação das grutas de São Romão e a construção de um novo jardim-de-infância na zona do Bom Sucesso.Maria da Luz Rosinha falou ainda das habituais inundações em Alverca referindo que na próxima reunião de câmara, marcada para quarta-feira, 16 de Julho, iria ser votado e aprovado o concurso para a obra do rio Crós-Cós. Uma obra orçada em 6 milhões de euros, que se destina a evitar inundações em alturas de chuvas intensas. A animação musical da cerimónia ficou a cargo do grupo Notas Soltas e da Banda Filarmónica Recreio Alverquense.
Galardoados de Alverca apontados como exemplo para a comunidade

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...