uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

A professora primária que escolheu ensinar nas aldeias

Edição de 24.07.2008 | Cultura e Lazer
“A arte das artes é educar crianças”. A frase foi proferida por Maria Fernanda D’Alhandra durante a entrevista a O MIRANTE e define a sua paixão pelo ensino. Começou a trabalhar como professora primária em 1956. Leccionou durante 36 anos. O seu instinto de querer ajudar as crianças levou-a a optar por leccionar sempre em aldeias, “nos meios mais desfavorecidos”. Casal das Eiras, perto de Santana da Carnota, Lugar da Torre, perto do Carregado, e Sobralinho (“quando ainda era uma pequena aldeia”) são algumas das localidades por onde passou.“Achava que estava mais ligada aqueles que mais precisavam a nível monetário, de carência social, saúde e mental - aqueles que apresentavam todas as carências que uma criança conhece em situações de desfavorecimento”, explica. Nos seus métodos de ensino usou também a arte para cativar as crianças. “Consegui grandes resultados dos meus alunos usando o desenho. A janela dos olhos é a que mais grava a imagem e isso ajudava-as”, conta.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...