uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Espectáculo a favor de antigo maqueiro do hospital de Vila Franca

Manuel Luís Falua está cego, numa cadeira de rodas e precisa de ajuda
Edição de 24.07.2008 | Cultura e Lazer
Sábado, 26 de Julho, pelas 22h00, o Centro Cultural de Samora Correia acolhe o segundo espectáculo de beneficência a favor de Manuel Luís Falua, antigo maqueiro do Hospital de Vila Franca de Xira que está cego e numa cadeira de rodas. A receita reverte para o projecto de instalação duma plataforma elevatória para facilitar o acesso do doente à sua habitação. Participam graciosamente: António Figueiredo, Conjunto Típico Água Doce, Custódio Gonçalves, Isabel Vitorino, Manuel Doellinger, Mário Gil, Mário Jorge e os grupos de sevilhanas da Academia Gimnodesportiva de Samora Correia (AGISC) e da Sociedade Filarmónica União Samorense (SFUS). Os ingressos têm, o preço único de cinco euros. Piedade Salvador, organizadora do espectáculo apela à participação dos amigos de Manuel Luís “para que seja dado mais um passo para a concretização do objectivo”. A primeira iniciativa da campanha de recolha de donativos rendeu cerca de dois mil euros. O espectáculo de fado e variedades realizado a 9 de Março, no Centro Cultural de Samora Correia teve casa cheia e foram vendidos 300 bilhetes a cinco euros cada.Manuel Luís Falua foi maqueiro no Hospital de Vila Franca de Xira durante 18 anos e até ao dia em que a doença o impediu de continuar a trabalhar. Hoje, com 60 anos, está cego, é hemofílico e não tem uma perna. Passa o dia sentado ou deitado em casa.Manuel Luís precisa da plataforma elevatória para o ajudar a vencer os quatro degraus que antecedem a entrada do seu apartamento. O equipamento custa mais de 10 mil euros e Manuel vive apenas da reforma e do proveito de algumas horas que a esposa faz.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...