uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Núcleo Sportinguista de Santarém quer chamar mais leões ao convívio

Núcleo Sportinguista de Santarém quer chamar mais leões ao convívio

Festa reuniu dia 16 mais de 50 pessoas no centro histórico da cidade

Mais de meia centena de adeptos e sócios leoninos associaram-se dia 16 ao décimo sexto aniversário do Núcleo Sportinguista de Santarém. Sem as presenças do jogador Romagnoli, ou da ex-glória Venâncio, como se tinha a expectativa, a representação oficial do Sporting Clube de Portugal coube ao vice-presidente, Menezes Rodrigues.

Edição de 24.07.2008 | Desporto
A noite de festa uniu os sportinguistas em torno do seu núcleo e é esse o principal objectivo da direcção, presidida por André Mesquita. Dar a conhecer o local de convívio dos sócios leoninos, no centro histórico de Santarém.No espaço atrás da antiga galeria Respública, no número 3 da Travessa da Lameira, traseiras da rua 1.º de Dezembro e imediações da igreja de Marvila, impera o verde. Cachecóis, bandeiras, fotos de antigas glórias com Peyroteo ou o Fernando Mamede, e de equipas ganhadores de títulos em diversas modalidades. O primeiro piso é zona de convívio por excelência. Há uma série de mesas e cadeiras em inevitáveis tons de verde e branco, ao lado do balcão. Na mesa de comes e bebes até as azeitonas são verdes. Há um manjerico a adornar e um bolo com o símbolo leonino.Uma escada conduz ao segundo piso onde se dá de caras com um amplo poster do Alvalade Século XXI, ao pé do qual há mais alguns pontos de assento. Em frente, na parede oposta, um ecrã gigante costuma mostrar todos os jogos em que participa a equipa leonina. Um grupo de leoas conversa animadamente. Cremilde Carvalho e Otília Soares são sportinguistas ferrenhas mas não doentes, confessam. “Vemos aqui todos os jogos. Foi pena não ter vindo o João Moutinho, que é um jogador que está em todo o lado, além de ser engraçadinho”, afirma Cremilde. Enquanto Otília recorda um dia memorável. “Foi aqui na sede do núcleo que vimos a maravilha das maravilhas, o Sporting ganhar por 5-3 ao…glorioso!”, disse com um sorriso. André Mesquita quer mais para o núcleo. O dirigente mostra a mesma vontade e empenho do arranque com a nova direcção. “Queremos que escalabitanos sintam orgulho em ser sportinguistas e em pertencerem ao núcleo. E atrair mais associados com a realização actividades desportivas e culturais. Também temos como objectivo abrir a sede duas vezes por semana, às sextas-feiras e sábados, em vez de apenas uma vez quando há jogos do clube”, explica André Mesquita.Outra novidade será a organização de uma gala de apresentação dos patrocinadores do núcleo e do plano de actividades para o próximo ano. “A equipa profissional de andebol do Sporting joga dia 13 em Santarém com os Caixeiros e estamos a tentar organizar a gala para esse dia”, revela o presidente do núcleo. O vice-presidente leonino era um homem satisfeito com a recepção em Santarém e mostrou-se agradavelmente surpreendido com o espaço. “Os sportinguistas de Santarém têm que estar orgulhosos do espaço que têm. Agora só falta os adeptos tornarem-se sócios do clube para serem sportinguistas em pleno”, desafiou o dirigente. O Sporting conta actualmente com cerca de 100 mil associados mas pretende chegar aos 150 mil. O Núcleo Sportinguista de Santarém tem 167 sócios pagantes, que pagam uma cota mensal de 2,5 euros. Quem apenas é adepto e simpatizante leonino entra uma vez e outra mas se quiser continuar a frequentar o núcleo tem que se fazer sócio do Sporting.
Núcleo Sportinguista de Santarém quer chamar mais leões ao convívio

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...