uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
As precauções a tomar em época de calor intenso

As precauções a tomar em época de calor intenso

Santarém é uma das regiões mais quentes do país, logo de maior risco

Nos dias de muito calor deve-se usar roupa solta, clara e de algodão, diminuir os esforços físicos e beber muitos líquidos, sem açúcar e sem álcool.

Edição de 23.07.2008 | Sociedade
O delegado de Saúde de Santarém, Hélder Mendes, alerta a população para as temperaturas altas previstas para os próximos meses, referindo que todas as pessoas devem ter cuidados redobrados nesta época do ano em que os termómetros sobem com frequência acima dos trinta graus. As crianças nos primeiros anos de vida, acamados, idosos, obesos, pessoas com doenças crónicas (cardiovasculares, respiratórias, renais, diabetes e alcoolismo) trabalhadores expostos ao sol ou pessoas que vivam em más condições de habitabilidade são especialmente vulneráveis aos efeitos do calor.O clínico explica que “a exposição directa ao calor pode conduzir à desidratação ou agravamento de doenças crónicas”. Para evitar situações de perigo “devemos proteger-nos do sol e do calor, sobretudo nas horas de maior risco, entre as 11h00 e as 16h00, usar protector solar, óculos escuros e chapéu de abas. Os idosos e as crianças, em dias de grande calor, não devem de ir à praia. Nesses dias deve-se usar roupa solta, clara, e de algodão, diminuir os esforços físicos, e repousar. Deve-se ainda beber muitos líquidos, sem açúcar e sem álcool, e fazer refeições leves, frequentes e pouco condimentadas.” Apesar de em casa estarmos protegidos do sol, não estamos do calor. Para que o calor no interior da habitação não seja excessivo deve-se correr as persianas ou portadas, permitindo que o ar circule, mas que o calor não entre. Abrir as janelas à noite e usar menos roupa na cama, sobretudo dos bebés e doentes acamados, são outras sugestões eficazes. “É importante ainda referir que se sentirem algum sintoma, peçam ajuda à pessoa mais próxima”, adverte Helder Mendes.O delegado de Saúde reforça ainda a ideia que nas horas de maior calor deve-se recorrer a locais frescos, com ar condicionado, ou então optar por um banho tépido. “Nunca tomar banho de água fria pois pode ocorrer um choque térmico”, avisa. Santarém é considerada uma das regiões mais quentes e mais perigosas do país. Para conseguir dar resposta a todas as situações que possam surgir, existe um plano de contingência para as ondas de calor. Este plano envolve parcerias entre câmaras municipais e juntas de freguesia, delegados de saúde, directores de centros de saúde, Serviço Municipal de Bombeiros e Protecção Civil, Serviço Distrital de Segurança Social, Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), e Organizações Religiosas da Sociedade Civil. Em caso de dúvida pode ligar, de forma gratuita, para o número 808 24 24 24.
As precauções a tomar em época de calor intenso

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...