uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

“Dificilmente veremos uma barragem nesta zona”

Edição de 23.07.2008 | Sociedade
O presidente da Câmara de Constância, António Mendes (CDU, afirma não ter “expectativas de qualquer natureza” relativamente à construção da Barragem de Almourol. Segundo disse, “a questão em si sempre foi qualificada por alguns especialistas como um nado morto”. “A partir de certo momento, talvez um pouco antes de o inquérito público terminar, evoluímos para o bizarro de participar numa encenação teatralizada por vários actores com palco em Lisboa e alguns camarins aqui na zona”, disse o autarca de Constância. Para António Mendes, “seria mais verdadeiro assumir o fracasso da localização no Tejo e encontrar uma alternativa”, considerando que esta foi “uma maneira airosa de o Governo não dizer que não punha esta barragem a concurso, sob pena de abrir um precedente”. O autarca diz não ter ficado surpreendido pela falta de interesse na construção da barragem e acredita que “dificilmente veremos uma barragem nesta zona”.Uma opinião partilhada por Nelson de Carvalho (PS), presidente da Câmara de Abrantes, que disse ser “previsível que a barragem não se construa pelas dificuldades de investimento e pela rentabilidade que a mesma, à cota 24, poderá representar para potenciais investidores”. “Sempre achei que a barragem, sendo lançada à cota 24, e apesar de acautelar os interesses das populações ribeirinhas, dificilmente seria construída devido à sua menor produtividade e rentabilidade”.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...