uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Praia de Santarém deve abrir no início de Agosto

Edição de 23.07.2008 | Sociedade
A segunda versão da praia de Santarém deve estar disponível para a população no início de Agosto. As previsões são feitas pelo vice-presidente da Câmara de Santarém, Ramiro Matos (PSD). No terreno à beira Tejo, na Ribeira de Santarém, devem começar esta semana as limpezas do areal e a montagem da vedação do recinto.O autarca diz que será uma praia mais económica que a do ano passado mas que irá proporcionar um espaço de lazer, recreio e animação para quem ali se queira deslocar. “Nesta altura não é fácil reunir todos os elementos para começar os trabalhos, sendo período de férias e tendo vários técnicos estado envolvidos no apoio a diversos eventos na cidade”, justifica. A praia irá continuar a ser um espaço vedado com cerca de 17 mil metros quadrados e entradas pagas. Durante a semana a praia vai funcionar até às 20h00 e aos fins-de-semana até às duas da manhã. Os habitantes da Ribeira têm entrada preferencial no recinto e os idosos terão entrada gratuita. Está também a ser estudada a criação de um bilhete familiar. O recinto conta com duas piscinas, a maior das quais de 30 metros de comprimento mas apenas cerca de três metros de largura. Haverá animação nocturna e bares à disposição, além de alguns espectáculos. À semelhança do ano passado deverá receber-se uma jornada do campeonato nacional do futvólei. O presidente da Junta da Ribeira, Fernando Rodrigues (CDU), diz ter sugerido ainda que se faça um aumento de área da praia no sentido da ponte para que as pessoas não fiquem tão acumuladas junto aos bares. “Penso que esta praia irá ter animação e no ano passado já ajudou a mexer com a Ribeira. Não é o que queríamos nem o que queremos mas é o que é possível ter”, sustenta. Recorde-se que a primeira versão da praia de Santarém – Santarém River Beach & Spa - só foi aberta ao público a 18 de Setembro de 2007 e durou cerca de um mês. Na altura a praia contou com os serviços de uma empresa de eventos e a autarquia gastou 80 mil na aquisição de parte das infra-estruturas.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...