uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Assinar contrato de profissional com o Sporting e rodar no Fátima

Edição de 31.07.2008 | Desporto
Assinou agora contrato de profissional com o Sporting?Sim. Foi o meu primeiro contrato de profissional.Porquê só agora. E numa altura em que se falava que havia vários clubes estrangeiros interessados?Foi por haver esses clubes interessados que se foi adiando a assinatura. Esses clubes apresentaram propostas ao meu empresário, mas eu dei sempre prioridade ao Sporting, e acabei por ficar muito feliz em ter assinado pelo meu clube do coração.É indispensável para qualquer jogador ter um representante a gerir a sua carreira?É. No mundo do futebol é complicado um jogador conseguir fazer as duas coisas, ser jogador e gerir a carreira. Tenho empresário desde os 12 anos e é uma pessoa da minha total confiança.Foi o empresário que o aconselhou a ficar no Sporting?Em parte sim. Mas as propostas dos outros clubes eram interessantes e ainda nos fizeram hesitar. Mas o Sporting mostrou sempre um grande interesse em que eu continuasse e acabou por me apresentar uma proposta irrecusável.Depois disso estava esperançado em fazer pelo menos a pré-época com os seniores?Tinha uma pequena percentagem de esperança que ia fazer a pré-época com os seniores. Mas também estava preparado para vir a ser emprestado para rodar noutro clube. E ainda antes do início dos trabalhos fiquei a saber que nenhum dos jogadores que subiu dos juniores ia ficar nessa equipa, por isso não tive qualquer desilusão por vir a ser emprestado.Emprestado ao Centro Desportivo de Fátima porquê?Pelo que sei, os empréstimos que o Sporting tem feito ao Fátima têm dado certo. Os dirigentes da equipa fatimense têm demonstrado uma grande seriedade e é isso que o Sporting tem reconhecido.Há mais três companheiros da equipa de juniores que vão integrar o plantel do Fátima. Isso é importante para si?Sem dúvida que sim. A presença do Luís Paez, André Santos e Tiago Pedrosa é uma grande ajuda para a minha integração. Depois é muito importante irmos para uma equipa onde tenhamos a oportunidade de continuar a jogar para evoluir e regressarmos ao mais alto nível.No Fátima para dar nas vistas e voltar ao Sporting?Sem dúvida que sim. Estou motivado para fazer uma grande época no Fátima. Sei que é um clube com uma excelente organização, tem um treinador que aposta nos jovens e, por isso, para além de querer ajudar a concretizar os objectivos do clube, quero “explodir” para voltar ao Sporting para jogar nos seniores.Até onde é que quer ir como profissional de futebol?Até ao topo do mundo. Desde a minha entrada na academia que decidi ser profissional de futebol, assumi as minhas responsabilidades e dou o máximo de mim para ir por diante. Não regateio esforços, trabalho com muita vontade, tenho o apoio da minha família e dos meus amigos, acredito muito nas minhas qualidades e por isso de certeza que a minha hora vai chegar e irão ouvir falar do Bruno Matias no futuro.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...