uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

Sindicato dos metalúrgicos quer reunião com administração da Fleximol

Edição de 25.02.2009 | Economia
O Sindicato dos Metalúrgicos e a comissão sindical da Fleximol vão solicitar uma reunião à administração da empresa para analisar soluções para a grave crise da empresa, que levou à colocação de 72 trabalhadores com contratos suspensos e redução de vencimentos. De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos, com base em dados fornecidos pela empresa, houve um decréscimo de 50 por cento nas vendas nos últimos seis meses.Em cima da mesa estará uma proposta de inserção dos trabalhadores abrangidos pelo chamado lay-off em contexto de formação, recebendo 85 por cento do salário pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional e o restante pela empresa.O presidente da Câmara do Cartaxo, Paulo Caldas (PS), lembrou que a situação de crise é global e afecta nove unidades industriais em todo o distrito. Reiterando o seu empenho máximo na resolução do problema da Fleximol, o autarca salientou que há que conjugar uma série de esforços entre todas as partes, mas que há decisões que só competem à empresa e à sua gestão.Para o vereador social-democrata, Manuel Jarego, entre outras questões importa saber o que a empresa pretende fazer em relação aos 72 trabalhadores após cumpridos seis meses de lay-off e se foi ou pretende apresentar uma plano de recuperação. Recorde-se que desde 12 de Janeiro que 72 dos 154 trabalhadores da Fleximol recebem 70 por cento do salário, assegurado pela Segurança Social.

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...