uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
Condições de vida de comunidade cigana preocupam população do Casal dos Estanques

Condições de vida de comunidade cigana preocupam população do Casal dos Estanques

Moradores reuniram com junta de freguesia
Edição de 14.05.2009 | Sociedade
Os moradores do Casal dos Estanques, freguesia de Vialonga, estão preocupados com as condições sanitárias em que vivem os habitantes de um acampamento cigano, paredes-meias com as suas habitações. Ao fim de 20 anos de uma convivência nem sempre fácil, a população formou uma comissão informal e já reuniu na última semana com a junta de freguesia para tentar resolver a situação. “Eles precisam de ser ajudados”, defende Vítor Gaspar, residente no Casal dos Estanques. O vialonguense queixa-se “da situação de insalubridade, que deve ser resolvida”. O MIRANTE presenciou várias crianças a satisfazer necessidades básicas no descampado em frente às habitações, ouvindo relatos de que com os adultos, a situação não é diferente. Do antigo aviário que serve de suporte ao acampamento, escorrem águas poluídas para a estrada. “Vamos falar com a delegada de saúde para que tente resolver a situação, acrescentou o residente. As situações de desacatos provocados pela comunidade também ocorrem, ao que apurou O MIRANTE. Os relatos de vários residentes referem danos em automóveis, árvores de fruto e nas próprias habitações. António Castro, também residente no casal, conta como já surpreendeu alguns jovens da comunidade em actos de vandalismo contra as habitações, danificando estores e atirando pedras e mesmo electrodomésticos para dentro dos quintais perto da sua residência. O morador conta como limpa “quase todos os dias” a frente da garagem onde estaciona o carro, removendo desperdícios como sapatos velhos, carrinhos de supermercado e fezes humanas. De acordo com o destacamento da GNR de Vila Franca de Xira, a zona do Casal dos Estanques não é considerada “problemática”. O capitão Paulo Poiares, comandante do destacamento, revela que a guarda não costuma ser chamada com regularidade ao local. Os Bombeiros Voluntários de Vialonga registam no entanto um número de incêndios no matagal acima da média. “é de longe o local onde se verificam mais focos de incêndio na freguesia”, assegura o comandante da corporação, José Sousa. O presidente da Junta de freguesia de Vialonga, Manuel Valente, revelou a O MIRANTE que a zona apresenta “problemas de salubridade e segurança cada vez mais graves”. O autarca confirma a vontade de alertar a delegação de saúde e a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira e sublinha que uma disputa em tribunal da propriedade onde está instalado o acampamento, poderá resolver a situação. O processo, que sofreu recentemente uma paragem, deverá demorar. E continuam a agravar-se as condições de vida da comunidade cigana residente no local.
Condições de vida de comunidade cigana preocupam população do Casal dos Estanques

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...