uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Jovens de Vila Franca de Xira lançam ideias de intervenção no concelho

Jovens de Vila Franca de Xira lançam ideias de intervenção no concelho

Assembleia reuniu alunos do município para um debate de propostas

Por um dia alunos do concelho de Vila Franca de Xira deixaram as salas de aula e debateram propostas para aumentar participação cívica. A intervenção sobre espaços públicos dentro e fora das escolas marcou a troca de ideias na assembleia municipal jovem.

Edição de 14.05.2009 | Sociedade
Foi para muitos a primeira vez que falaram em público num debate de ideias, mas o nervosismo cedo deu lugar ao entusiasmo. Os alunos das escolas secundária do Forte da Casa, das escolas básicas EB 2,3 do Bom Sucesso (Alverca), Soeiro Pereira Gomes (S. J. Montes) e Vialonga arrancaram palmas da plateia da II Assembleia Municipal Jovem, que reuniu no último sábado várias dezenas de alunos no Ateneu Artístico Vilafranquense, para debater a participação cívica dos jovens na sociedade. Entre as propostas mais discutidas esteve a criação de uma plataforma na Internet dedicada à formação cívica, apoiada pela câmara municipal e ligada aos programas escolares com vista à “dinamização de projectos e debates comuns nos vários agrupamentos de escolas”, como defendeu a aluna da EB 2,3 de Vialonga, Ana Carolina Dias. A jovem, em nome da bancada daquela escola, recomendou ainda a criação de um banco de voluntariado jovem, com a possibilidade de os jovens se envolverem em jornadas de trabalho e apoio à comunidade, situação geralmente rejeitada na maior parte das associações compostas por cidadãos maiores de idade.A partilha de conhecimentos e a discussão através de plataformas na Internet colheu o consenso dos alunos e integrava também o lote de propostas dos alunos da Escola Soeiro Pereira Gomes. Sara Rodrigues foi uma das vozes que defendeu a “a discussão e partilha de opiniões num blog sobre assuntos de actualidade a criar para o efeito, onde seria possível “publicar e comentar assuntos correntes e noticiar eventos” com uma aposta nas imagens e cartoons. Os alunos daquela escola defenderam ainda que os estudantes devem ter uma palavra a dizer dentro do espaço escolar, “na intervenção sobre os espaços colectivos e gestão dos clubes e áreas que lhes são dedicados”. Numa tarde em que se falou de política real com jovens atentos ao concelho não faltaram os apelos à Câmara Municipal de Vila Franca de Xira. Dos elogios e pedidos de alargamento do passeio pedonal ribeirinho às áreas de Alverca e Sobralinho aos alertas sobre a segurança na Escola Gago Coutinho. Não ficaram de fora os apelos à criação de transportes escolares municipais, combate à obesidade com investimento na educação física e na natação e à criação de mais ilhas ecológicas. A sessão contou com um modelo de debate semelhante ao de uma assembleia municipal, coordenado pelos alunos João Pinto (presidente), Filipe Fraqueiro (1.º secretário) e Catarina Gaspar (2.º secretário). Um grupo de alunos de cada escola, colocando questões à presidente de câmara, tomou o lugar reservado ao público naquelas sessões. No final, após as respostas da presidente da câmara, favoráveis à maior parte das propostas aprovadas, ficou a mensagem para os responsáveis autárquicos do concelho. “Gostava de falar mais com a presidente. São pessoas que falam do que se decide neste concelho e interesso-me pelo debate na política porque só assim se resolvem muitos dos problemas que existem”, confessava João Dias. Para os pais o momento era de admiração pelos filhos e orgulho no debate. “Os temas debatidos foram muito interessantes e deviam promover-se mais iniciativas semelhantes”, defendia Conceição Toste, mãe de um aluno, a O MIRANTE. Eulália Gaspar, tia de uma das participantes, sublinhara no início que “era muito bom os jovens mobilizarem-se e notava-se que tinham consciência do que os afecta”. Para os alunos o regresso a casa fazia-se já sem a ameaça da chuva que horas antes caíra em grossos pingos. A hora era de bonança e descanso.
Jovens de Vila Franca de Xira lançam ideias de intervenção no concelho

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...