uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
População das Quintas quer esquecer casas devastadas pelas cheias

População das Quintas quer esquecer casas devastadas pelas cheias

Edição de 21.05.2009 | Sociedade
A população das Quintas, freguesia de Castanheira do Ribatejo, quer ver demolidos os destroços das casas afectadas pelas cheias de 1967, que atingiram aquela zona. Laurentino Ferreira, representante dos moradores, entregou à Câmara Municipal de Vila Franca de Xira um abaixo-assinado que manifesta a vontade dos populares em ver cair as recordações da tragédia. “São situações degradantes para a imagem da localidade e focos de insalubridade que põem em causa a saúde das populações”, reclama o popular. “É necessária a tomada urgente de medidas para as situações em causa”, acrescenta. A vontade popular poderá no entanto esbarrar no facto de as construções se situarem em terrenos de particulares, fez notar a presidente da câmara municipal, Maria da Luz Rosinha. Há cerca de quatro décadas, as cheias que afectaram as Quintas destruíram várias habitações e provocaram 88 vítimas. Em Novembro de 2008, a Junta de Freguesia da Castanheira do Ribatejo organizou uma cerimónia para o descerramento de um memorial com duas placas de bronze com as inscrições dos nomes das 88 pessoas que morreram na catástrofe.
População das Quintas quer esquecer casas devastadas pelas cheias

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...