uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Alunos de Artes Plásticas do Politécnico de Tomar mostraram trabalho em França

Alunos de Artes Plásticas do Politécnico de Tomar mostraram trabalho em França

Ana Catarina Ribeiro, Rafael Fernandes e Diana Dias frequentaram um workshop em Bourges, França
Edição de 27.05.2009 | Cultura e Lazer
Três alunos finalistas do curso de Artes Plásticas – Pintura e InterMédia da Escola Superior de Tecnologia de Tomar foram convidados a estar presentes no “Festival Bandits-Images”, um evento dedicado ao vídeo e cinema. O certame, bienal, conta já com 11 edições e tem lugar na cidade de Bourges, França. Ana Catarina Ribeiro, Rafael Fernandes e Diana Dias frequentaram entre 4 e 10 de Maio um workshop de som onde desenvolveram o trabalho criativo “Um lugar único” e consistiu na recolha de sons das pessoas com quem falavam e dos objectos que encontravam desde a residência de estudantes onde se encontravam alojados até ao atelier onde trabalharam diariamente. O grupo foi acompanhado por João Seguro, artista plástico e docente do Instituto Politécnico de Tomar. “Como é um curso de artes plásticas com uma vertente tecnológica de vídeo e fotografia tínhamos, de certo modo, uma ligação com este festival. Foi assim que partiu o convite da organização”, explica o docente. “Aprendemos mais na área de vídeo uma vez que tivemos a possibilidade de estar em contacto com quem percebe realmente do assunto”, aponta Rafael Fernandes que adoptou o apelido artístico de Mia.Os alunos foram seleccionados de acordo com os trabalhos em vídeo que têm vindo a realizar e por este suporte já fazer parte do seu pensamento plástico. Participaram neste Festival Internacional com o objectivo de “demonstrar a multiplicidade das propostas criativas fruto do conhecimento e experiência adquiridos no curso de Artes Plásticas - Pintura e InterMédia” leccionado há três anos lectivos no IPT. Segundo João Seguro, Portugal foi o país convidado a participar na edição do festival deste ano, sendo a única escola portuguesa a marcar presença. Foram ainda mostrados durante o Festival sete trabalhos de alunos finalistas deste curso. “Queremos trabalhar o vídeo enquanto ferramenta criativa sem limites”, explica João Seguro. O evento contou também com a participação de alguns artistas que trabalham em vídeo em Portugal e de outros artistas das mais diversas proveniências. Para Vítor de Jesus, coordenador do curso de Artes Plásticas - Pintura e InterMédia, a participação de alunos finalistas da Escola Superior de Tecnologia de Tomar neste festival vem provar que apesar do curso ter sido criado recentemente está no bom caminho e a ser reconhecido internacionalmente.
Alunos de Artes Plásticas do Politécnico de Tomar mostraram trabalho em França

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...